Diário da Região

11/02/2015 - 18h58min

Barcelona

Neymar perde pênalti, mas Barça vence e larga em vantagem na semi da Copa do Rei

Barcelona


O Barcelona largou em vantagem na disputa por uma vaga na decisão da Copa do Rei. Na primeira partida da semifinal, a equipe recebeu nesta quarta-feira o Villarreal no Camp Nou e, ao contrário do que vinha acontecendo nos últimos confrontos diante deste rival, não teve maiores trabalhos para vencer. No fim, o placar de 3 a 1 deu boa vantagem aos catalães, mas foi pouco diante de sua imensa superioridade. Neymar perdeu a chance de garantir a goleada ao desperdiçar pênalti na etapa final.

O placar desta quarta faz com que o Villarreal precise vencer por 2 a 0 ou por três gols de diferença na volta, dia 4 de março, em casa, para chegar à decisão. O Barcelona, por sua vez, espera se aproveitar da boa vantagem para avançar. Quem se classificar duela com o vencedor do confronto entre Athletic Bilbao e Espanyol.

O Barcelona começou indo para cima do Villarreal no Camp Nou, mostrando que queria resolver o confronto no primeiro jogo. Suárez e Messi tiveram dois bons momentos antes que eles mesmos definissem a abertura do placar. Aos 41 minutos, Suárez recebeu pela esquerda, ganhou na dividida com o zagueiro e tocou no meio para Messi bater.

Aos 42, Suárez quase ampliou, mas o chute cruzado raspou a trave. Dois minutos depois, em lance parecido mas pelo lado esquerdo, foi a vez de Iniesta bater e a bola atravessar a área. A resposta do Villarreal veio nos acréscimos, quando Vietto aproveitou cruzamento de Cheryshev para desviar, mas Ter Stegen voou para fazer linda defesa.

No segundo tempo, o Villarreal encontrou o empate em lance ocasional, logo aos dois minutos, apenas no segundo chute a gol da equipe. Trigueros recebeu após sobra na intermediária e arriscou de longe. Um chute forte e cheio de efeito, mas em cima de Ter Stegen, que falhou e aceitou.

Mas aí o Barcelona mostrou calma e não demorou nem um minuto para voltar à frente do placar. Praticamente no lance seguinte, Iniesta fez boa tabela e ao tentar devolver para Suárez, a bola foi interceptada. A sobra, no entanto, ficou com o próprio meia, que bateu cruzado para marcar.

O terceiro sairia aos 19, com Piqué, de cabeça. Aos 24, Messi tentou o drible em Musacchio, a bola ficou rebatendo nos dois jogadores e o árbitro viu mão do defensor. O argentino deixou o pênalti para Neymar, que não foi feliz. O brasileiro bateu no canto direito do goleiro, que voou para espalmar.

O lance pareceu animar o Villarreal, que cresceu na partida e ameaçou pressionar nos últimos minutos. Aos 30, Giovanni dos Santos aproveitou saída errada de Ter Stegen e desviou para fora. Em contra-ataque, Suárez quase marcou um gol antológico do meio de campo, mas a bola passou à direita.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso