Diário da Região

29/07/2017 - 16h10min

Budapeste

Sueca e norte-americano brilham com ouros e recordes mundiais em Budapeste

Budapeste

A nadadora sueca Sarah Sjostrom consolidou seu nome neste sábado como uma das maiores estrelas do Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste, na Hungria. Somente nesta tarde, com um intervalo de apenas duas horas, ela faturou a medalha de ouro nos 50 metros borboleta e quebrou o recorde mundial, ainda na semifinal, dos 50 metros livre. Em sua primeira disputa no período da tarde, Sjostrom venceu a prova mais rápida do nado borboleta com o tempo de 24s60. Desta forma, assegurou o bicampeonato mundial e ainda impôs o novo recorde do campeonato. A prata ficou com a holandesa Ranomi Kromowidjojo, com 25s38, e o bronze foi para a egípcia Farida Osman, com 25s39. Pouco depois de subir ao pódio, na cerimônia de premiação, a sueca voltou para a piscina da Danúbio Arena para disputar a semifinal dos 50 metros livre. E, sem tomar conhecimento das rivais, bateu o recorde mundial da prova, ao registrar 23s67. A marca anterior pertencia à alemã Britta Steffen, que marcara 23s73 no Mundial de Roma, em 2009, ainda na era dos supermaiôs. Com o recorde, ela naturalmente se tornou a favorita absoluta à medalha de ouro na final da prova, que será disputada no domingo, último dia de disputas no Mundial de Budapeste. A dinamarquesa Pernille Blume (com 24s05) e a norte-americana Simone Manuel (24s12) são as principais rivais na briga pelo lugar mais alto do pódio. Outro destaque feminino do dia foi a norte-americana Katie Ledecky. Ela confirmou o amplo favoritismo na final dos 800 metros, com 8min12s68. A chinesa Bingjie Li foi a segunda colocada, com 8min15s46, enquanto a também americana Leah Smith bateu em terceiro, com 8min17s22. Uma das estrelas da casa, a húngara Katinka Hosszú voltou a levar uma medalha de prata. Nos 200 metros costas, ela anotou 2min05s85. Só ficou atrás da australiana Emily Seebohm, que anotou 2min05s68. A norte-americana Kathleen Baker completou o pódio, com 2min06s48. Foi a terceira medalha de Hosszú neste Mundial. Se Sarah Sjostrom foi o fenômeno do dia no feminino, o norte-americano Caeleb Remel Dressel foi o destaque no masculino. Ele faturou nada menos que três medalhas de ouro em apenas duas horas nesta tarde. Além de se sagrar campeão mundial nos 50 metros livre, prova na qual Bruno Fratus foi medalha de prata, Dressel venceu também nos 100m borboleta e no revezamento 4x100 metros livre misto. No borboleta, ele bateu na frente com o tempo de 49s86. Tornou-se, assim, o primeiro a nadar abaixo da marca de 50 segundos após o fim da era dos supermaiôs. O local Kristof Milak faturou a prata, com 50s62, e o bronze foi dividido entre Joseph Schooling, de Cingapura, e o britânico James Guy, ambos com 50s83. Dressel terminou o dia participando da quebra do recorde mundial do revezamento misto dos Estados Unidos. Ele e Nathan Adrian nadaram junto com Mallory Comerford e Simone Manuel terminaram a prova com 3min19s60, superando assim a marca estabelecida pelo próprio time americano no Mundial de Kazan, na Rússia, há dois anos, com 3min23s05. Com este feito, Dressel se tornou o primeiro homem a faturar três medalhas de ouro no mesmo dia num Mundial. No total, o nadador americano já soma cinco medalhas de ouro em Budapeste. BRASILEIRO NOS 50M COSTAS - Guilherme Guido não conseguiu avançar à final dos 50 metros costas, na tarde deste sábado. Ele completou a prova com o tempo de 24s91 e ficou em 12º - somente os oito melhores vão à final. "Foi quase. Foi muito bom pegar minha primeira final (nos 100m costas), sentir essa experiência, e estar entre os primeiros do 100m. Acho que difícil a gente aparecer em cima da hora, então é começar desde o primeiro ano do ciclo olímpico entre os primeiros e foi isso que consegui, com o sétimo lugar nos 100m costas", disse o brasileiro, finalista da prova de 100m costas.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso