Diário da Região

06/06/2017 - 15h28min

Paris

Esperança da torcida, Mladenovic perde em Roland Garros; Wozniacki também cai

Paris

Maior aposta da torcida francesa na chave feminina, a tenista local Kristina Mladenovic se despediu de Roland Garros nesta terça-feira, nas quartas de final. Em jogo marcado por duas interrupções por chuva, a 14ª do mundo foi batida pela suíça Timea Bacsinszky por 2 sets a 0, com duplo 6/4. A dinamarquesa Caroline Wozniacki, ex-número 1 do mundo, também foi eliminada nesta terça. Apesar do embalo com a vitória sobre a espanhola Garbiñe Muguruza, atual campeã em Paris, Mladenovic nunca chegou a ameaçar Bacsinszky ao longo da partida que durou 1h49min, descontando o tempo de paralisação. A chuva parou o jogo por duas vezes e acabou atrapalhando um pouco o aquecimento das duas tenistas. A tenista suíça, contudo, não se deixou abalar pelas paradas. A 31ª colocada do ranking cravou 25 bolas vencedoras, contra 16 da francesa. Também falhou menos: foram 27 erros não forçados, diante de 34 da tenista da casa. Com a vitória, Bacsinszky vai disputar a semifinal de Roland Garros pela segunda vez - a primeira foi há dois anos. A torcida local ainda conta com uma tenista para torcer em Roland Garros na chave feminina. Caroline Garcia, também pelas quartas de final, entrará em quadra nesta quarta para enfrentar a checa Karolina Pliskova. Ela se tornou a esperança para encerrar um jejum de títulos franceses no feminino que se iniciou após o título Mary Pierce, em 2000. A adversária de Bacsinszky na semifinal será a letã Jelena Ostapenko, uma dos destaques da temporada. Ela voltou a brilhar nesta terça ao desbancar Caroline Wozniacki de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/2 e 6/2. Foi a quarta vitória consecutiva da letã sobre a ex-líder do ranking. Wozniacki nunca conseguiu superar Ostapenko. Nesta terça, a tenista da Letônia teve dificuldades diante do forte vento em Roland Garros. Abusou dos erros no set inicial e saiu atrás no placar. Mas, a partir do segundo set, ela ganhou ritmo e confiança, sem se abalar com as duas paralisações da partida por causa da chuva. A postura mais agressiva de Ostapenko ficou escancarada nos números da partida. Ela cravou anotou 38 bolas vencedoras, contra apenas seis de Wozniacki. Mas acabou falhando mais, por conta da postura mais arriscada em quadra. Foram 50 erros não forçados, o dobro dos 25 registrados pela dinamarquesa.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso