Diário da Região

24/02/2017 - 00h00min

PUNIÇÃO

TJD anula expulsão e árbitro é afastado

PUNIÇÃO

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians Em brincadeira com erro do árbitro, Maycon (esquerda) usou máscara de Gabriel e vice-versa
Em brincadeira com erro do árbitro, Maycon (esquerda) usou máscara de Gabriel e vice-versa

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) anunciou nesta quinta a anulação da expulsão de Gabriel. Assim, o jogador está livre para defender o Corinthians, já contra o Mirassol, no sábado. O TJD-SP julgou como "grotesca" a falha cometida pelo árbitro Thiago Duarte Peixoto, que ficará um período indeterminado fora das escalas do Campeonato Paulista para reavaliação do departamento de arbitragem da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Na verdade, o volante Maycon foi quem cometeu a falta em Keno no lance que gerou a equivocada expulsão. Mas o árbitro, mesmo sendo avisado pelos assistentes de que estava errado, alegou que Gabriel foi quem cometeu a infração e que merecia o segundo cartão amarelo. “Inconteste e até mesmo grotesca a falha do árbitro Thiago Duarte Peixoto”, disse Antônio Olim, presidente do TJD.

Pouco antes do anúncio do TJD, o árbitro fez uma alteração na súmula e confirmou o erro. Inicialmente, ele havia ignorado toda a polêmica. A decisão da suspensão foi comunicada a Thiago em reunião com o diretor de arbitragem da FPF, Dionísio Domingos, nesta quinta, 23, na sede da entidade. Além de Thiago participaram do encontro Emerson Augusto de Carvalho, auxiliar que estava mais próximo da jogada, e o quarto árbitro, Alessandro Darcie.

A leitura de Dionísio é que faltou flexibilidade a Thiago na tomada de decisão. A orientação para o árbitro é que, em lances como o que aconteceu no clássico, ele tem de se isolar, conversar com os auxiliares e voltar atrás se for necessário. Por considerar que o erro não foi técnico, apesar de confundir o jogador que cometeu a infração, Dionísio encaminhou Thiago para a área de psicologia, que faz parte da nova configuração do departamento de arbitragem da FPF. A intenção é detectar o problema, combatê-lo e então liberá-lo para atuar novamente.

O árbitro ficou bastante abalado depois do erro. Chorou no vestiário do Itaquerão e se emocionou ao conceder entrevista depois do clássico. Declarar publicamente o erro foi uma orientação da FPF. “Espero, com muita fé e com muita força de vontade, poder seguir a minha carreira como segue todo mundo quando comete algum equívoco. Não estou querendo justificar. Eu errei”, afirmou. Não há um período definido para o afastamento.

Jogadores brincam com erro em clássico

Expulso injustamente no clássico entre Corinthians e Palmeiras, Gabriel viveu um dos dias mais marcantes de sua carreira na quarta-feira. Nesta quinta, deixou de lado a raiva que teve contra o juiz, lhe perdoou pelo erro crasso que poderia ter lhe causado a primeira expulsão na carreira, e ainda virou conselheiro.

“Diria para esfriar a cabeça, como disse, ele é humano e pode errar. Vi o depoimento dele, que ele queria continuar o trabalho. Acredito que vá continuar e quem sou eu para dizer que o Thiago tem que parar de apitar”, comentou.

Em diversos lances, jogadores do Palmeiras deram entradas duras no volante e nas redes sociais, choveram críticas dos palmeirenses e piadas dos corintianos envolvendo o jogo. Nesta quinta, foi a vez do clube e dos atletas entrarem na brincadeira. Maycon e Gabriel chegaram para dar entrevista coletiva usando uma máscara do rosto um do outro e avisaram: “É para não confundir.”

Estreia de Borjase aproxima

O colombiano Miguel Borja teve o nome publicado nesta quinta-feira, 23, no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está mais perto de estrear pelo Palmeiras. O atacante, contratado por R$ 33 milhões, treina com o elenco há dez dias e aguardava essa formalização para poder jogar. Borja assinou contrato por cinco temporadas e deve entrar na lista de inscritos no Campeonato Paulista na vaga de Moisés, que vai ficar pelo menos seis meses sem jogar por lesão.

O regulamento permite mudanças caso algum dos atletas tenha contusão que exija um prazo de recuperação para além do mês de maio, data de encerramento de torneio estadual. Inicialmente o plano da comissão técnica era contar com Borja somente na estreia da Libertadores, em 8 de março, mas a lesão de Moisés deve abrir espaço para o colombiano ser testado pelo time antes disso. 

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.