Diário da Região

10/03/2017 - 00h00min

Rio Preto

Rossi ganha opções para escalar o time contra o Barretos

Rio Preto

Leo Roveroni/Assessiva Comunicação O lateral-esquerdo Gleidson, recuperado de lesão, está pronto para voltar ao time
O lateral-esquerdo Gleidson, recuperado de lesão, está pronto para voltar ao time

Os bons ventos parecem estar soprando para os lados do estádio Anísio Haddad. Depois de uma vitória e um empate sob o comando do técnico Carlos Rossi, o time já sonha com a briga por um lugar na zona de classificação à fase semifinal e ganha razão para isso. Rossi terá uma bela dor de cabeça para definir o time que encara o Barretos no sábado, 11, às 19 horas, no Riopretão. O lateral-esquerdo Gleidson está de volta e cheio de vontade, já que participou apenas de 27 minutos de jogo na estreia diante do XV de Piracicaba. 

Uma lesão muscular de grau dois na coxa esquerda o colocou de molho desde então. Lucas Piauí se tornou o dono da posição e agradou Rossi nos dois últimos jogos. “Vinha acelerando o processo para voltar mais rápido, mas sentia incômodo, perna pesada, agora fiz o tratamento correto. É complicado assistir da arquibancada sabendo que poderia estar ali dentro ajudando os companheiros. Estou feliz, tenho muito a acrescentar no Rio Preto”, disse Gleidson, jogador mais experiente do elenco, com 32 anos. “Estou aqui para ajudar.

Quando entrar vou dar minha contribuição, sei do meu potencial e sei que na hora certa vou ajudar.” A boa dor de cabeça para Rossi também está no ataque com a chegada de Jonatas Obina, vice-artilheiro do time no A-3 do ano passado com 12 gols. Ele deve ser apenas opção, já que a dupla João Henrique e Wágner vem agradando e muito o técnico. “Depois da chegada do Rossi o time deu uma evoluída boa. Não porque o Luciano Dias não fazia um bom trabalho, mas agora encaixou legal, a rapaziada entendeu a filosofia de trabalho dele.

Foi pouco tempo para trabalhar a parte tática, mas agora tem a semana cheia”, disse Gleidson. “O time está se encaixando e tem tudo para fazer um bom campeonato e quem sabe na frente conseguir o objetivo de subir.” A única dúvida do treinador é quanto ao aproveitamento do lateral-direito Cleiton, que saiu machucado no empate sem gols contra o Juventus, na Mooca, após levar uma pancada no tornozelo.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso