Diário da Região

13/01/2017 - 00h00min

LEGADO DA COPA DE 2014

Fifa e CBF negociam para liberar R$ 316 mi

LEGADO DA COPA DE 2014

Divulgação Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, é o ponto da discórdia
Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, é o ponto da discórdia

A Fifa negocia com a CBF um acordo para que cerca de US$ 100 milhões (R$ 316 milhões, na cotação atual) sejam enviados para projetos no País, mas sem passar pelas mãos dos cartolas brasileiros. O valor era uma promessa que a Fifa havia feito depois da Copa do Mundo de 2014 e serviria como “legado” do Mundial. Mas com o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, indiciado nos Estados Unidos, a Fifa congelou qualquer repasse ao Brasil.

Em dezembro, uma delegação da CBF viajou a Zurique para tratar do tema. Os projetos da entidade foram apresentados. Mas o grupo não conseguiu desbloquear os recursos que há mais de dois anos estão congelados em contas na Suíça. Agora, a sugestão que está sobre a mesa é de que a Fifa aplique o dinheiro, sem passar pelos cartolas brasileiros e da forma que quiser no País. Assim, os recursos não entrariam na conta da CBF e nem teriam qualquer relação com Del Nero. A proposta vai ser estudada pela Fifa.

Advogados envolvidos no caso revelaram que o principal obstáculo para o repasse via CBF era a presença de Del Nero na presidência da entidade. Nos Estados Unidos, a entidade máxima do futebol ainda tenta provar que foi vítima de cartolas e que não é uma organização criminosa. Mas, para isso, precisa romper qualquer tipo de relação com as pessoas indiciadas ou detidas. Del Nero é acusado de corrupção e de ter recebido propinas em troca de acordos comerciais. Se deixar o Brasil, ele seria detido e extraditado para enfrentar um julgamento nos Estados Unidos.

Devolução

Em documentos enviados à corte norte-americana, a Fifa de fato acusa Del Nero, além de José Maria Marin e Ricardo Teixeira, de “corrupção” e de terem prejudicado a “reputação” da entidade. Apenas pelos danos causados pelos dirigentes brasileiros, a Fifa solicitou à Justiça dos Estados Unidos que seja reembolsada em US$ 5,3 milhões (R$ 16,8 milhões).

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso