Diário da Região

22/01/2017 - 10h05min

Melbourne

Federer bate Nishikori e pega algoz de Murray; Wawrinka e Tsonga também avançam

Melbourne

Agora apenas o 17.º do ranking mundial, Roger Federer tem o caminho livre para mostrar que segue entre os melhores do mundo e chegar pela quinta vez seguida a uma semifinal da Grand Slam. Neste domingo, ele venceu um duelo de 3h23min contra Kei Nishikori, por 3 set a 2, parciais de 7/6 (7/4), 6/4, 6/1, 4/6 e 6/3. O caminho para ele está teoricamente livre porque o favorito da chave, Andy Murray, caiu diante do alemão Mischa Zverev, mais cedo, por 3 a 1. Se todos esperavam por um confronto entre Murray e Federer já nas quartas de final do Aberto da Austrália, o suíço fez a parte dele - o britânico não. Assim, Federer terá pela frente nas quartas de final o surpreendente Zverev, 50.º do mundo. Os dois se enfrentaram apenas duas vezes - em 2009 e 2013 - com duas vitórias de Federer. No último confronto entre eles, em Halle, na Alemanha, o suíço passeou com uma "bicicleta", com um duplo 6/0. Contra Nishikori, Federer também tinha histórico favorável - quatro vitórias e duas derrotas -, mas ninguém esperava um jogo fácil. O japonês, afinal, era, na ponta do lápis, o favorito. Afinal, é o quinto do ranking mundial, enquanto Federer é só o 17.º. Mas Federer, aos 35 anos, continua sendo um tenista com quatro títulos do Aberto da Austrália no currículo. Foram 24 aces na partida e um aproveitamento de 80% no primeiro serviço. Os winners foram 83, contra só 42 de Nishikori. Também o número de erros não forçados foi maior. Nishikori começou melhor, abrindo 4/0 no primeiro set. Com duas quebras, Federer igualou em 5/5 e levou o set para o tie-break, vencido pelo japonês. Importante, porém, foi entrar no jogo. O suíço conseguiu isso, vencendo o segundo e o terceiro sets sem ter seu saque ameaçado. Niskikori reagiu no quarto set, quando sacou melhor, conseguiu uma quebra no quinto game, e empatou o jogo. Logo no início do set final, entretanto, o suíço conseguiu uma quebra, abrindo 3/0. Depois, só segurou a vantagem até o fim para fechar a partida. WAWRINKA X TSONGA - Na outra chave de quartas de final escalada neste domingo, vão se enfrentar o suíço Stan Wawrinka e o francês Jo-Wilfred Tsonga, respectivamente quarto e 12.º do ranking mundial. Stan Wawrinka fez 3 sets a 0 no italiano Andreas Seppi num jogo peculiar, em que todos os sets terminaram no tie-break, apenas. Neles, as parciais foram 7/2, 7/4 e 7/4. Cada tenista conseguiu duas quebras de saque ao longo da partida, sempre devolvidas no mesmo set. Campeão em 2014, o suíço vai buscar seu segundo título em Melbourne e, como Nishikori perdeu nas oitavas, Wawrinka ultrapassou o japonês no ranking, podendo aparecer em terceiro mesmo se cair nas quartas. Enquanto isso, Seppi, de 32 anos, ao menos comemorou ter igualado sua melhor campanha em um Grand Slam. Já Tsonga passou às quartas de final depois de bater o britânico Daniel Evans, 67.º do mundo, por 3 a 1, parciais de 7/6 (7/4), 6/2, 6/4 e 6/4. No histórico contra Wawrinka, são quatro vitórias para o suíço e três para o francês. Wawrinka ganhou as últimas três.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso