Diário da Região

24/08/2017 - 08h56min

Guararapes

JBS fecha unidade na região e demite 90 funcionários

Guararapes

O Grupo JBS fechou a unidade que arrendava em Guararapes (a 31 km de Araçatuba), na última semana, provocando a demissão de 90 funcionários. A unidade, que trabalhava com carnes de charque, foi arrendada da Frig (Frigorífico Industrial de Guararapes) em 2011. 

Procurada pela reportagem, a administração da JBS afirmou que decidiu deixar a cidade porque a unidade de Guararapes precisaria passar por adequações em sua estrutura, o que seria muito custoso para a empresa. "Em razão da necessidade de adequações na infraestrutura da unidade arrendada de Guararapes, a cooptou por modernizar a planta própria de Santana do Parnaíba (SP) e realizar a transferência da produção local", afirmou em nota enviada para redação.

A JBS afirmou também que conversou com o sindicato para resolver como será feito o pagamento da rescisão dos funcionários e medidas a serem feitas no processo. "A companhia promoveu o desligamento dos 90 colaboradores da fábrica e negociou com o sindicato da categoria benefícios além do que é previsto na legislação."

HISTÓRIA
Recentemente envolvida em escândalos políticos, a JBS, que detém marcas como Friboi e Seara, fechou várias plantas em todo o País. A situação ficou pior após a Operação Carne Fraca, que fez a empresa paralisar 90% de sua produção, voltando à carga pouco tempo depois.

Em Guararapes, a empresa arrendou a antiga área da Frig em março de 2011, após ela ficar desativada por quase dois anos. A operação começou em abril do mesmo ano. À época, a JBS afirmou que a escolha da cidade se deu pela proximidade com outras unidades do grupo na região e, consequentemente, a disponibilidade de matéria-prima. O grupo JBS possui unidades em Andradina e Lins.

COMPLETA
Naquele ano, os investidores afirmaram que não seriam necessários altos investimentos na região, pois a planta estaria completa para atender, com a fábrica em bom estado de conservação. O contrato foi firmado por um período de três anos, renovado até agora. 
A charqueada do Frig já teve importante papel na economia do município. Além dos mais de 100 empregos diretos que oferece quando em funcionamento, a indústria tinha boa parcela de contribuição fiscal para os cofres públicos, em valores agregados em índice no FPM (Fundo de Participação do Município).

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso