Diário da Região

20/10/2015 - 19h42min

Nova York

Bolsa de NY recua com queda das ações de biotecnologia e resultado da IBM

Nova York

A Bolsa de Nova York fechou em baixa neta terça-feira, 20, com os investidores digerindo informes de resultados de empresas, um indicador positivo divulgado hoje nos EUA e os dados fracos da economia chinesa que saíram domingo à noite. Na expectativa da decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed), na próxima semana, o foco do mercado voltou-se para os informes de resultados das empresas no terceiro trimestre. As ações da IBM, que estão entre as componentes do índice Dow Jones, caíram 5,75%, em reação ao balanço da companhia, cuja receita declinou pelo 14º trimestre consecutivo. O Nasdaq foi pressionado pela nova queda das ações de biotecnologia; as ações do setor vêm caindo nas últimas semanas, depois de políticos questionarem os preços dos medicamentos. O Nasdaq Biotechnology Index caiu 3,21%. O único indicador divulgado hoje nos EUA foi o número de construções de novas moradias iniciadas, que cresceu 6,5% em setembro, para a média anualizada de 1,21 milhão de unidades; o número de pedidos de permissão para novas construções caiu 5%, para a média anualizada de 1,1 milhão de unidades. Economistas previam que o número de construções iniciadas em setembro ficasse em 1,15 milhão e que as permissões para novas construções alcançassem 1,16 milhão. O Departamento do Comércio revisou a variação do número de construções iniciadas em agosto para uma queda de 1,7%, de -3,0% na estimativa preliminar. "Persistem as preocupações sobre a economia global", disse Patrick Zweifel, economista-chefe da Pictet Asset Management, referindo-se a indicadores divulgados recentemente na China e nos EUA. Os investidores estão particularmente atentos aos indicadores norte-americanos por causa da incerteza sobre se o Fed começará a elevar as taxas de juro de curto prazo neste ano. "É o mesmo exercício: os mercados estão reféns do Fed", comentou o trader Ted Weisberg, da Seaport Securities. O analista David Madden, da IG, disse que "a temporada de divulgação de balanços nos EUA começou mal. E, para piorar as coisas, indicadores fortes dão peso ao argumento de que o Fed poderá elevar as taxas de juro neste ano". Três dirigentes do Fed falaram em público: a presidente da instituição, Janet Yellen, discursou durante uma cerimônia de premiação no Departamento do Trabalho dos EUA e não falou em política monetária; o presidente do distrito de Nova York, William Dudley, e o membro do Conselho do Fed Jerome Powell participaram de uma conferência sobre a estrutura e a regulamentação do mercado de títulos do Tesouro dos EUA. As ações da Apple subiram 1,83%, depois de o CEO da empresa, Tim Cook, dizer durante uma conferência sobre tecnologia promovida pelo Wall Street Journal que a empresa vai lançar a Apple TV na próxima semana. Segundo ele, o serviço Apple Music, lançado em junho, já tem 6,5 milhões de usuários pagantes. As ações da indústria de chips de memória SanDisk subiram 4,43%, em reação a informes de que pode sair nesta semana o acordo para sua aquisição pela Western Digital (-6,98%); as da Micron Technology, que havia manifestado interesse em comprar a SanDisk na semana passada, caíram 10,80%. As ações da Yum Brands, que controla as redes de restaurantes KFC, Taco Bell e Pizza Hut, subiram 1,84% depois de a empresa anunciar que vai separar sua unidade na China. As da indústria de carros elétricos Tesla caíram 6,61%, depois de a revista Consumer Report retirar sua recomendação para o Model S. Entre as ações de empresas que divulgaram balanços hoje, os destaques foram United Technologies (+3,88%), Travelers (+2,47%), Verizon Communications (+1,21%), Bank of New York Mellon (+2,96%), Lockheed Martin (-0,91%), Harley-Davidson (-13,92%) e Varian Medical Systems (-4,04%). Entre as companhias que divulgariam resultados depois do fechamento, os destaques foram Yahoo (-2,00%), Chubb (+0,74%), Chipotle Mexican Grill (-1,81%) e Discover Financial (-0,49%). No setor de biotecnologia, os destaques negativos foram Endo International (-5,93%), Vertex Pharmaceuticals (-4,86%) e Allergan (-3,62%); as da Merck caíram 1,96% e as da Pfizer recuaram 1,45%. Abbott Laboratories, American Express, Biogen, Boeing, Coca-Cola, eBay, General Motors, Kimberly-Clark, Motorola Solutions e SanDisk estão entre as empresas que devem divulgar resultados nesta quarta-feira, 21. O índice Dow Jones fechou em baixa de 13,43 pontos (0,08%), em 17.217 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 24,50 pontos (0,50%), em 4.880,97 pontos. O S&P-500 fechou em baixa de 2,89 pontos (0,14%), em 2.030,77 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.