Diário da Região

26/01/2016 - 00h00min

No vermelho

Inadimplência atinge 13% da população rio-pretense

No vermelho

SERGIO ISSO Pesquisa que coloca Rio Preto entre as melhores do País foi encomendada pela revista IstoÉ
Pesquisa que coloca Rio Preto entre as melhores do País foi encomendada pela revista IstoÉ

A inadimplência foi um dos grandes problemas em todo o Brasil em 2015 e com Rio Preto não foi diferente. Atualmente, 13,5% da população rio-pretense está com o nome negativado. São 59.519 devedores, segundo as estatísticas gerais de devedores e dívidas da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp) e do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). No total, são 140.583 dívidas que somadas superam R$ 59,3 milhões, o que dá um valor médio de R$ 421,97 por dívida.

Dividindo o total de dívidas pelo número de devedores, temos uma média de 2,362 dívidas por endividado. No entanto, 38.747 inadimplentes possuem apenas uma dívida, o que corresponde a 65,10% do total. Outros 15.231 foram inseridos no cadastro por conter entre duas e cinco dívidas. Segundo o economista Edgar Antônio Sbrogio, esse resultado é muito preocupante. 

“Esse resultado é levando em consideração a população total de Rio Preto, mas se descontarmos aquelas pessoas que não são economicamente ativas, como crianças e adolescentes, que não se endividam, a situação fica ainda pior.” Para a presidente da Acirp, Adriana Neves, 2015 foi um ano complicado para os consumidores de Rio Preto. “Historicamente, Rio Preto sempre está melhor que a média de inadimplentes do Brasil, mas no ano passado, tivemos vários momentos de alta preocupantes.

 

Arte - Perfil dos Inadimplentes em Rio Preto - 26012016 Clique na imagem para ampliar

Um dos grandes fatores que contribuem para esse crescimento é o aumento do desemprego. Consumidores que se viram fora do mercado de trabalho e sem ter como honrar com suas dívidas.” Mas mesmo alto, esse número não deve ser uma representação completa da realidade por duas razões, afirma Adriana. “Primeiramente, temos empresários que optam por não inserir o nome dos consumidores na lista de devedores.

Além disso, a lei que tornou obrigatório o envio de Aviso de Recebimento para que o consumidor inadimplente possa ser inserido no banco de dados acabou ofuscando a realidade.” A maioria das dívidas existentes em Rio Preto foi incluída no último ano. São 41.761 contas em atraso que somadas chegam a R$ 22,1 milhões. Já com relação ao valor devido, a maioria dos débitos vai de R$ 100 a R$ 500. São 74.833 dívidas, ou seja, 53,23% de tudo que é devido.

Levando em conta a idade dos devedores, a maior parte está entre 31 e 40 anos (23,97%). Eles têm 32.623 débitos (23,21%) que somados superam os R$ 11,5 milhões. Essa realidade é problemática para a economia da cidade, afirma Sbrogio. “Quando a população está endividada, ela deixa de consumir. Em Rio Preto vemos este cenário com a movimentação baixa do comércio e o setor de serviços, que sempre foi forte, bem abalado recentemente.”

Dicas

Para limpar o nome, a única forma é mudar o estilo de vida, mesmo que temporariamente, afirma o economista. “Tem que diminuir o padrão de vida. Analisar seus gastos e cortar tudo aquilo que não for considerado essencial. E mesmo aquilo que é essencial pode ser economizado, como energia, supermercado, água, etc.”

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso