Diário da Região

19/08/2015 - 14h32min

Brasília

Cunha critica proposta de elevação da CSLL além do que governo propôs na MP 675

Brasília

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), criticou nesta quarta-feira, 19, a ideia de elevar ainda mais a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) a ser paga pelos bancos, dentro da tramitação da Medida Provisória 675. Inicialmente o governo propunha uma elevação de 15% para 20%, mas a relatora da MP, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), indicou que pode elevar para 23% o porcentual a ser cobrado das instituições financeiras. O peemedebista disse que há risco de impacto negativo na economia, com os bancos repassando a alta para a taxa de juros. "Essa história de achar que tributa o setor que está ganhando dinheiro e que você não tem impacto na economia é um erro", afirmou. "Quando você tributa os bancos, eles vão repassar para a taxa de juros. Isso tem influência na economia", completou. Para Cunha, aumentar a CSLL mais do que o governo propôs "pode ser um exagero". "A proposta do governo já é ousada, deveria ter um tempo limitado", opinou. Diante das resistências de setores ligados aos bancos em aprovar uma elevação da CSLL, a senadora não adiantou se aceitará voltar de 23% para 20% o porcentual a ser pago pelas instituições financeiras, a fim de garantir a viabilização do texto na comissão mista da MP.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso