Diário da Região

07/11/2017 - 16h00min

São Paulo

Bolsas da Europa fecham em baixa, com foco em balanços de empresas

São Paulo

As bolsas europeias fecharam em sua grande maioria em queda nesta terça-feira, 7, com as atenções voltadas para a divulgação de balanços. Além disso, outras notícias corporativas estiveram no radar, em um dia com poucos indicadores importantes. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em queda de 0,39%, a 395,03 pontos. Entre os balanços em destaque, a companhia espanhola do setor de energia Iberdrola informou que seu lucro líquido avançou 18% entre janeiro e setembro, na comparação com igual período do ano passado, mas o resultado foi impulsionado por ganhos não recorrentes. A ação recuou 0,53% na bolsa de Madri. Ainda no setor corporativo, o Crédit Agricole anunciou a compra do Banca Leonardo, banco de investimentos italiano especializado em gestão de riquezas, por um valor não revelado. O papel do Crédit Agricole avançou 0,55%. Na agenda de indicadores, as vendas no varejo cresceram 0,7% em setembro ante agosto na zona do euro, ante previsão de alta de 0,6% dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. Além disso, houve nesta terça-feira, 7, um discurso do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, mas a autoridade não discutiu a política monetária. Draghi pediu um esforço conjunto para se resolver a questão dos empréstimos inadimplentes na zona do euro. Na bolsa de Londres, o índice FTSE-100 fechou em queda de 0,65%, em 7.513,11 pontos. No setor bancário, Lloyds recuou 0,74% e Barclays caiu 0,36%, enquanto a petroleira BP subiu 0,69%. Frontera Resources subiu 2,44%, mas Vast Resources teve perda de 3,91%. Em Frankfurt, o índice DAX recuou 0,66%, a 13.379,27 pontos. Commerzbank teve baixa de 0,46% e Deutsche Bank teve ganho de 0,14%, entre os bancos. Já Basf caiu 0,88% e Siemens teve baixa de 0,52%. No setor de energia, E.ON subiu 0,67%. Na bolsa de Paris, o índice CAC-40 teve baixa de 0,48%, a 5.480,64 pontos. A petroleira Total subiu 0,57% e Vallourec avançou 1,63%, enquanto Air France-KLM recuou 3,39% O índice FTSE-MIB, da bolsa de Milão, registrou queda de 0,18%, a 22.962,59 pontos. Entre os papéis mais negociados, Telecom Italia recuou 1,39%, Intesa Sanpaolo subiu 0,28% e Enel avançou 0,09%. Em Madri, o IBEX-35 fechou em baixa de 0,83%, em 10.230,70 pontos. Santander recuou 0,37% e Banco de Sabadell teve queda de 0,54%, enquanto Telefónica recuou 0,60% e Repsol ganhou 0,69%. Em Lisboa, o índice PSI-20 contrariou os demais e fechou em alta de 0,03%, em 5.351,24 pontos. Banco Comercial Português caiu 0,98%, mas Altri se destacou e teve alta de 2,76%. (Com informações da Dow Jones Newswires)
Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.