Diário da Região

12/07/2017 - 21h53min

Brasília

Senado aprova projeto que regulamenta profissão de aeronautas

Brasília

O Senado aprovou nesta quarta-feira, 12, projeto que regulamenta a profissão de aeronauta, que inclui pilotos, copilotos, comissários e mecânicos de voo. A proposta, que já havia passado pela Câmara e agora vai à sanção presidencial, reduz limites de horas de voo e pousos e determina que empresas cumpram programa de gerenciamento de risco de fadiga da tripulação. O texto reduziu em cinco horas a escala mensal de trabalho para aviões a jato (de 85 para 80) e turboélice (de 90 para 85) prevista na proposta original. As escalas de aviões convencionais (100 horas) e helicópteros (90 horas) foram mantidas. Outra mudança foi aumentar o número mínimo de folgas mensais de 9 para 10. "Na busca pela competitividade e produtividade, nem sempre é permitido dar ao piloto tempo hábil para que seu corpo se adapte às jornadas de trabalho", afirmou a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), relatora da proposta no Senado. A aprovação foi comemorada por integrantes da categoria, que acompanhavam a votação nas galerias do Senado.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso