Diário da Região

Do ponto de vista do setor elétrico, não se justifica mais a adoção do horário de verão, afirmou nesta sexta-feira, 22, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino. Segundo Rufino, a avaliação foi feita pelos diversos órgãos governamentais ligados ao setor elétrico, no âmbito do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE). Uma decisão, agora, caberá ao governo, que levará em conta os efeitos sobre outros setores, como indústria e comércio. "A avaliação é que, sob a perspectiva do setor elétrico, o horário de verão não se justifica", disse Rufino, pouco antes de participar da Sessão Especial do Fórum Nacional, organizado pelo Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae), no Rio. Se vigorar neste ano, o horário de verão começa em 15 de outubro e termina em 17 de fevereiro. Segundo Rufino, a Aneel não se manifestará nem tomará nenhuma decisão sobre o horário de verão, que é estabelecido por decreto federal.
Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.