Diário da Região

26/07/2017 - 19h47min

Brasília

Queda da Selic e indicadores confirmam retomada, diz porta-voz de Temer

Brasília

Mesmo depois de já ter se manifestado por meio do Twitter para comemorar a redução a taxa Selic em um ponto porcentual, o presidente Michel Temer escalou o seu porta-voz, Alexandre Parola, para exaltar a decisão do Banco Central. "A taxa de 9,25% ao ano é a menor desde 2013 e reflete o acerto do conjunto de medidas que, desde seu primeiro momento, foram adotadas pelo governo do Presidente Michel Temer", disse Parola. O porta-voz afirmou ainda que a garantia da estabilidade macroeconômica e o equilíbrio das contas públicas "estão no centro de uma ampla agenda de transformação e de construção das bases sólidas para a retomada do emprego e da renda". "A queda dos juros tem lugar em momento particularmente relevante da conjuntura brasileira. Ela se soma a vários outros indicadores divulgados recentemente que confirmam, de forma incontestável, a retomada do crescimento econômico e a superação da recessão", disse. Assim como fez o presidente em sua mensagem nas redes sociais, o porta-voz destacou ainda que juros mais baixos estimulam investimentos privados no país e favorecem pequenas e médias empresas. "Abrem mais acesso ao crédito e maiores possibilidades de financiamento imobiliário mais barato para famílias e consumidores." Reforçando o discurso que tem sido usado pelo governo - de que em pouco mais de um ano tem registrado uma série de medidas -, Parola disse que Temer já possui um "amplo conjunto de conquistas": "Inflação sob controle; queda da taxa de juros para um dígito; aumento da produção industrial; força do agronegócio e, sobretudo, a volta do emprego". "Essas conquistas são resultado da política executada pelo governo, com o apoio do Congresso Nacional, desde que o Presidente Michel Temer assumiu o cargo. São esses números que estão recolocando o Brasil no caminho da prosperidade e do desenvolvimento", afirmou Parola. Redes sociais Poucos minutos depois de o Copom anunciar a redução da taxa básica de juros de 10,25% ao ano para 9,25% ao ano, Temer usou o Twitter para comemorar a decisão. "Juros abaixo de um dígito pela 1ª vez em 4 anos. Menor inflação em uma década. Com responsabilidade, estamos mudando o Brasil para melhor", escreveu. Temer destacou ainda que a redução dos juros incentiva investimentos produtivos que geram mais empregos. "Com trabalho, estamos colocando a economia nos trilhos." A mesma estratégia foi adotada pelos ministros palacianos. Eliseu Padilha, da Casa Civil, também usou a rede social para se manifestar. "O BC reduziu a Selic - juros - para 1 digito, 9,25% ao ano. Menor taxa nos últimos 4 anos. Juros menores, mais empregos", escreveu. O ministro da Secretaria-geral da Presidência, Moreira Franco, também exaltou a decisão do BC no Twitter: "#Selic foi cortada para 9,25% ao ano, primeira vez desde 2013 com juro abaixo de 10%. Recuperação da economia é crescente e não vai parar!"

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso