Diário da Região

19/08/2017 - 00h00min

INJEÇÃO DE ÂNIMO

Acerto do 13º de aposentados põe R$ 196 mi na economia

INJEÇÃO DE ÂNIMO

Isabela Menezes 14/8/2017 Da esquerda para a direita: José, Aparecido e Salvador pretendem guardar uma parte
Da esquerda para a direita: José, Aparecido e Salvador pretendem guardar uma parte

Aposentados e pensionistas começam a receber a primeira parcela do 13º salário a partir do dia 25. Na região de Rio Preto, que compreende 77 municípios, têm direito à antecipação 314.896 beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que vão receber um valor estimado R$ 196,4 milhões. Os cálculos consideram os números da folha de pagamento do mês de junho da gerência executiva do INSS de Rio Preto.

O pagamento segue o calendário normal e o 13º salário é pago junto com o benefício, entre os dias 25 de agosto e 8 de setembro. Além do valor da gratificação natalina, a economia da região vai receber a injeção dos R$ 392,9 milhões relativos à folha de pagamento das 16 agências que pertencem à gerência regional do INSS.

Na comparação com os mesmos dados de junho do ano passado, houve um aumento de 10,4% no valor que será liberado, já que a folha de junho de 2016 era de R$ 355,5 milhões e, portanto, a primeira parcela foi estimada em R$ 177,5 milhões. O número de aposentados e pensionistas cresceu 2,6%, já que eram 306.773 pessoas.

No Brasil, de acordo com a Previdência Social, a expectativa é de que 29,4 milhões de benefícios receberão a primeira parcela do abono anual que corresponde a 50% do valor do 13º e representa uma injeção extra na economia de pelo menos R$ 19,8 bilhões.

APOSENTADOS2_WEB Clique na imagem para ampliar

De acordo com a Previdência Social, o extrato mensal de pagamento está disponível para consulta na página www.previdencia.gov.br e nos terminais de autoatendimento da rede bancária junto com o extrato de pagamento de benefícios da folha de agosto.

O aposentado José Augusto Souza vai guardar esse adiantamento e usar apenas em caso de necessidade "É sempre bom deixar uma reserva para alguma emergência. Como não gasto muito com remédios, prefiro guardar esse dinheiro."

E há quem prefira que o dinheiro extra seja pago de uma vez só. Paro o aposentado Aparecido Valesi, o adiantamento não resolve muita coisa, mas ele também vai guardar uma parte. "Preferia que fosse pago o valor integralmente. Da maneira que é não dá para fazer muita coisa". O aposentado Salvador Morais Canuto também acredita que o dinheiro seria melhor utilizado se fosse pago de uma vez só. "Com tudo aumentando, é sempre bom ter uma reserva, então vou deixar guardado por enquanto".

Na primeira parcela do benefício, não há incidência de Imposto de Renda (IR). O tributo é cobrado na segunda parcela, paga entre os meses de novembro e dezembro.

Segundo a Previdência, em sua maioria, aposentados e pensionistas receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Os segurados que estão em auxílio-doença também recebem uma parcela menor que os 50%. Como esse benefício é temporário, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período. Por exemplo, um benefício iniciado em janeiro e ainda em vigor em agosto terá o 13º terceiro salário calculado sobre oito meses. O segurado receberá, portanto, metade deste valor. Em dezembro, caso ainda esteja afastado, o segurado irá receber o restante.

Por lei, os segurados que recebem benefícios Assistenciais (LOAS) não têm direito ao 13º salário, que corresponde a cerca de 4,5 milhões de benefícios no Brasil.

O que fazer

  • Segundo o economista Leonardo Menezes, de modo geral, o aposentado sempre deve avaliar a melhor forma de utilizar o recurso, priorizando suas necessidades e considerando a situação em que se encontra
  • Caso já seja um investidor é recomendado usar uma parte do valor nos investimentos e direcionar outra parte a realização de um novo sonho. O dinheiro poupado precisa ter objetivos, como uma viagem ou reforma, por exemplo. Por fim, avaliar as opções de investimento
  • Caso esteja em uma situação equilibrada, ou seja, sem dívidas e sem reservas, recomendo que poupe uma parte do que recebeu, pois imprevistos ocorrem. A regra é a mesma, até para quem está com as finanças equilibradas, tenham metas pessoais, controle financeiro, mas não deixe de separar uma parte para o lazer e para usufruir com bens que te agradam.
  • Caso estejam com as dívidas em atraso, a dica é entender porque a situação financeira ficou no vermelho. Depois, tente priorizar as dívidas primordiais, avaliando as que possuem maiores custos e também aquelas que são essenciais para o seu dia a dia. Com isso você pode definir melhor as dívidas a serem pagas primeiro

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso