Diário da Região

05/04/2017 - 00h00min

FRAUDE

Boletos bancários falsos dão prejuízo para comerciantes

FRAUDE

Mara Sousa Caique Barbosa Prette pagou boleto e perdeu R$ 300
Caique Barbosa Prette pagou boleto e perdeu R$ 300

Comerciantes de Rio Preto e região têm procurado a polícia para denunciar o golpe do falso boleto bancário. Com nomes de entidades fajutas, empresas exigem o pagamento bancário de taxas. Só depois de feito o pagamento, os empresários descobrem que foram enganados. O empresário Caique Barbosa Prette, do Café Rio Preto, foi uma das vítimas do golpe. Ele pagou um boleto bancário para uma empresa de registro de marcas, mas somente dias depois descobriu que tinha sido enganado.

"Era um boleto bancário que parecia verdadeiro. Queriam cobrar a quitação de uma taxa de registro de marcas, no momento em que eu estava fazendo um processo de patentes", diz o empresário. Somente após ter pago R$ 300 foi que Caique descobriu, por meio de uma empresa de patente, que tinha caído em um golpe de estelionato. "Depois deste episódio resolvemos checar sempre com a empresa ou órgão emissor do boleto, antes de fazer o pagamento. Porque depois que a gente paga, nunca mais recupera o dinheiro", relata.

A assessora comercial da Vilage Marcas e Patentes, Marcia Silva, conta que recebe no mínimo três ligações diárias de clientes e de empresários que não são clientes da empresa sobre o recebimento de boletos falsos, o que pode acarretar prejuízos de até R$ 400. "São pelo menos 150 empresas que atuam de forma ilícita enviando enviado boletos de marca e patentes, relacionados ao ramo de propriedade industrial", afirmou. Se houver dúvidas quando à veracidade , uma empresa do ramo pode ajudar a solucionar a questão.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp), Paulo Sader, afirma que cerca de 50% dos filiados da entidade já receberam boletos falsos. "Pelo menos metade de nossos empresários associados já se deparou com o golpe e continua a reclamar de boletos bancários recebidos sem solicitação, com uma cobrança indevida ou mal explicada. As entidades, como se auto caracterizam, utilizam nome semelhante a de associações idôneas e emitem a cobrança sem qualquer tipo de discriminação sobre o serviço cobrado", explica Sader.

Segundo o presidente da Acirp, no verso do boleto há um texto curto direcionando os empresários para um site de consultas, com uma breve orientação de que a empresa torna-se automaticamente associada após o pagamento, comprometendo-se a pagar anuidade ou mensalidade. "O problema é que o boleto induz as empresas ao erro ao informar que a cobrança é facultativa de modo camuflado. Com isso, o empresário acaba pagando por medo de sofrer restrições sérias ou de ser levado ao cadastro dos maus pagadores," ressalta o presidente.

A dica da Acirp é que, ao receber um boleto, o empresário procure o nome da entidade e confira se ela realmente existe. Com o CNPJ e o número do código sindical, é possível descobrir se ela está relacionada no site do Ministério do Trabalho e Emprego. Sader aconselha nunca pagar a fatura sem antes verificar as informações e a procurar um contador caso desconfie da procedência.

Dicas

  • Consultar o CNPJ do entidade 
  • Pedir para o banco identificar por meio do sistema de DDA (débito direto autorizado) quem vai ser o beneficiado com o pagamento.
  • Conferir os dados com boletos anteriores para verificar se há irregularidade
  • Erros grosseiros de português no boleto ou na carta de cobrança são indícios de fraude
  • Não baixar arquivos de boletos enviados por e-mail

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso