Diário da Região

01/06/2017 - 10h08min

Rio

PIB do 1º trimestre tem a primeira alta ante o trimestre anterior após 8 quedas

Rio

O Produto Interno Bruto (PIB) teve a primeira alta na margem após oito trimestres de queda. A alta de 1,0% no primeiro trimestre ante o quarto de 2016 é a primeira nessa base de comparação desde o quarto trimestre de 2014. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que anunciou nesta quinta-feira, 1º de junho, os resultados das Contas Nacionais Trimestrais. A alta de 1,0% na margem verificada no PIB do primeiro trimestre é também a maior nessa base de comparação desde o segundo trimestre de 2013. Naquele trimestre, o PIB cresceu 2,3% em relação ao primeiro trimestre de 2013. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, porém, o PIB registrou queda pelo 12º trimestre seguido. Ainda assim, a queda de 0,4% em relação ao primeiro trimestre de 2016 foi a menor desde o quarto trimestre de 2014, quando o recuo foi de 0,3% em relação a igual período de 2013. Marcas A alta de 13,4% do PIB da agropecuária no primeiro trimestre ante o quarto de 2016 é a maior nessa base de comparação desde o quatro trimestre de 1996, quando a alta foi de 23,8%, conforme os dados do IBGE. A variação nula no PIB de serviços foi a primeira desde o quarto trimestre de 2014, quebrando uma sequência de oito trimestres de queda. Nessa mesma base de comparação, a alta de 0,9% no PIB da indústria a maior desde o segundo trimestre de 2013, quando a alta foi de 3,4% ante o primeiro trimestre daquele ano. Já a alta de 4,8% nas exportações no PIB do primeiro trimestre ante o quarto trimestre de 2016 foi a maior desde o primeiro trimestre de 2015. Naquela ocasião, a alta foi de 6,0%. Construção A indústria de construção caiu 6,3% no primeiro trimestre do ano, comparado a igual período do ano anterior, revelou o IBGE. Em relação ao quarto trimestre de 2016, no entanto, o setor apresentou alta de 0,5%. Mais segmentos O IBGE informou ainda que a indústria de transformação registrou queda de 1%, comparado ao primeiro trimestre de 2016 e alta de 0,9% ante o trimestre imediatamente anterior. Já a indústria extrativa mineral avançou 9,7% no primeiro trimestre, comparado a igual período de 2016 e cresceu 1,7%, em relação ao quarto trimestre. A produção e distribuição de eletricidade, gás e água cresceu 4,4% em relação ao primeiro trimestre do ano passado e 3,3% na série com ajuste sazonal.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso