Diário da Região

23/01/2017 - 19h04min

São Paulo

Bovespa sobe 1,90% e atinge maior patamar desde março de 2012

São Paulo

A Bovespa teve um pregão de ganhos significativos nesta segunda-feira, 23, comandados por ações dos setores financeiro e da cadeia do aço. O avanço do minério de ferro garantiu mais uma rodada de altas das ações de Vale e siderúrgicas. Já a perspectiva de queda de juros, recuperação da economia nacional e redução da inadimplência alavancou os papéis do setor financeiro. Com forte participação de investidores estrangeiros, a Bovespa minimizou as quedas em Wall Street e fechou com elevação de 1,90%, aos 65.748,62 pontos, maior nível desde 27 de março de 2012 (66.037 pontos). A bolsa brasileira operou em terreno positivo durante praticamente toda a sessão, mas os ganhos só foram efetivamente alavancados pouco antes das 14h, com a notícia de que havia sido suspensa a decisão judicial que impedia o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) de concorrer à reeleição para a presidência da Câmara. A partir desse momento, o Ibovespa passou a renovar sucessivas máximas, com altas generalizadas entre as ações. Na máxima, o índice chegou a 65.815,85 pontos (+2,01%). A leitura é a de que a permanência de Maia, aliado do governo Michel Temer, elimina riscos e favorece o bom andamento das reformas estruturais no Congresso. Além disso, a súbita ausência do relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), com atraso na homologação de delações, acaba por ter uma leitura favorável ao governo, por dar mais tempo e fôlego a Temer na busca pelo avanço dos trabalhos parlamentares. Mais uma vez figurando como estrelas do pregão, as ações da Vale fecharam com altas de 3,77% (ON) e 4,83% (PNA). O minério de ferro com teor de concentração de 62% de ferro iniciou a semana com alta de 0,9% e foi a US$ 80,8 a tonelada seca no porto de Tianjin, na China, de acordo com dados do The Steel Index. As siderúrgicas seguiram o desempenho da Vale e tiveram Usiminas PNA (+8,30%, maior alta do Ibovespa) e Gerdau Metalúrgica PN (+4,54%) como destaques. Responsáveis por mais de 25% da carteira do Ibovespa, os papéis dos bancos tiveram papel fundamental na alta do índice. Segundo analistas, os papéis do setor financeiro também surfam na onda de otimismo da bolsa e estão entre os favoritos dos investidores estrangeiros. Além da solidez das empresas que representam, esses papéis também estariam refletindo perspectivas de efeitos positivos na economia, como resultado do aumento do ritmo de corte de juros. Entre as ações do setor, os destaques do dia ficaram com Banco do Brasil ON (+4,53%), Itaú Unibanco PN (+3,36%) e Bradesco ON (+2,76%). Com o resultado de hoje, o Ibovespa passa a contabilizar alta de 9,17% em janeiro. Até a última quinta-feira (19), o saldo dos investimentos estrangeiros na bolsa somava R$ 3,515 bilhões em janeiro.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Aguarde, carregando...

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mas.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Regiao

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos trás primeiros meses após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conte?do gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 mat?rias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Regiao
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos trás primeiros meses, após o período R$ 16,90

Já é assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.