Diário da Região

19/08/2015 - 09h00min

São Paulo

Festival de teatro debate o contemporâneo em Brasília

São Paulo

A Geórgia é um país situado no Cáucaso com uma população de cinco milhões de pessoas espremidas entre a Rússia, Armênia, Azerbaijão e Turquia. É de lá que vem um dos trabalhos que integram a programação do Cena Contemporânea, que se estende até 30 de agosto em mais de 15 espaços de Brasília. O espetáculo chamado 2 + 2 = 2 faz parte de uma parceria entre o Akhmeteli Theatre, da capital georgiana Tbilisi, e o diretor brasiliense Rodrigo Fischer, fundador do grupo Desvio. No palco, a personagem Gigi surge a partir de depoimentos pessoais dos atores e questiona a validade de sentimentos, entre eles, o ódio e o ciúmes. O festival comemora 20 anos de existência e engorda a programação em 2015 se comparado com a edição anterior. Ao todo, 29 trabalhos - nove peças internacionais de países como Portugal, Espanha, Polônia, nove espetáculos nacionais e nove de grupos locais. No ano passado, foram 23 atrações. Na lista brasileira, estão o carioca Amok Teatro, que partiu da obra do francês Laurent Gaudé para remontar um mito africano em Salina, e o espetáculo Quando o Coração Transborda, apresentado pelo grupo brasiliense Esquadrão da Vida. Na peça de Maíra de Oliveira, a atriz faz uma revisão do espetáculo Ary Para-Raios, criado por seu pai há 36 anos. Ao longo da montagem, a história fala da arte e da relação pai e filha. Entre as coproduções, a diretora carioca Christiane Jatahy do premiado E Se Elas Fossem para Moscou, que também integra a programação, colherá depoimentos para a criação de seu novo A Floresta que Anda. O projeto da Cia. Vértice tem como foco a política e como ela interfere na vida do cidadão comum. Utilizando recursos de cinema, o público assistirá a vídeos exibidos em telas que se movem, ao mesmo tempo que participará das gravações. A inspiração ficcional é da peça Macbeth, de Shakespeare, e a intenção será explorar a relação entre poder e ambição, e os limites entre público e privado. Após o evento, o projeto seguirá para outras cidades brasileiras e festivais até retornar à capital federal para estreia no Cena Contemporânea 2016. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso