Diário da Região

01/07/2016 - 00h00min

TEATRO

O que vale a pena ver no FIT? Veja nossas dicas

TEATRO

Divulgação Shakespeare em versão chilena.
Shakespeare em versão chilena.

Quais são suas apostas para a edição 2016 do Festival Internacional de Teatro de Rio Preto? A reportagem fez uma seleção de produções que merecem ser vistas - seja pela linguagem diferenciada, o tema explorado, o elenco talentoso, a ousadia do trabalho ou seu destaque na cena contemporânea. Com o FIT reduzido, comparado a edições anteriores, e com o início da distribuição de ingressos neste sábado, a reportagem foi em busca de informações para indicar oito peças - uma para cada dia de festival.

Garanta suas entradas

O Festival Internacional de Teatro de Rio Preto 2016 começa no dia 9 e segue até 16 julho. Os ingressos começam a ser distribuídos neste sábado, 2. Nesta edição, o FIT vai apresentar 12 espetáculos nacionais, cinco locais e dois internacionais, além de mais quatro nacionais e uma local dentro de uma mostra paralela. Há produções de seis Estados e dois países.

As entradas antecipadas para sessões em espaços fechados poderão ser retiradas entre sábado, 2, e até um dia antes do início do FIT, no dia 8, na Casa de Cultura Dinorath do Valle. Para retirar, é preciso doar um quilo de alimento não perecível por pessoa. A organização pedirá a apresentação de RG ou CPF.

Nesse período, serão distribuídos 50% dos ingressos. A outra metade será entregue nos dias e locais das apresentações. Será liberado apenas um ingresso por peça teatral, sendo proibida a retirada de entradas de espetáculos realizados no mesmo horário. Informações pelo site www.riopreto.sp.gov.br.

Shakespeare em versão chilena

Otelo é um clássico escrito pelo inglês William Shakespeare em 1604 e conta uma história de inveja, ódio, racismo, ciúme e traição. A Cia. Viajeinmóvil, do Chile, apresenta uma adaptação da tragédia usando um elaborado jogo de manipulação de objetos, um ator e uma atriz representando os personagens principais. Dia 9 de julho (sábado), às 19h e 21h, no Teatro Municipal Paulo Moura. 

 

FIT02

 

O existencialismo pop de Nick Silver

O espetáculo carioca Adorável Garoto, de Maria Maya, marca a estreia da atriz na direção teatral. A produção é uma obra do celebrado dramaturgo norte-americano Nicky Silver e tem um texto perturbador, que mistura situações engraçadas e entretenimento. A peça une drama, comédia, farsa e um existencialismo pop que reveste temas como isolamento, punição, negação, disfunções e sexualidade. Sessões no dia 14 de julho (quinta-feira), às 19h e 21h, no Graneleiro da Swift.

 

A crise do homem no neoliberalismo

Baseado no livro do filósofo esloveno Slavoj Zizek e inspirado nas obras do filósofo francês Gilles Deleuze e do cineasta grego Yorgos Lanthimos, O ano em que sonhamos perigosamente, do Grupo Magiluth, do Recife/PE, questiona a crise e o colapso do sistema de vida erigido pelo neoliberalismo. Em cena, homens buscam novas formas para construir algo belo. Dias 15 e 16 de julho (sexta e sábado), às 21h, no Teatro Municipal Paulo Moura.

Mergulho vertical em Virginia Woolf

Para encerrar bem o FIT, aposte em As Ondas ou Uma Autópsia, do paulistano Gabriel Miziara. O espetáculo nasceu da paixão do ator Gabriel Miziara pela vida e obra da escritora inglesa Virginia Woolf. Ao mergulhar no interior de suas personagens e revelar cada detalhe, cada impressão, Virginia, na sua escrita, abre um vasto território de jogo para a interpretação dramática. Dias 15 e 16/7 (sexta e sábado), às 21h, no Humberto Sinibaldi Neto. 

FIT03

 

Uma reflexão sobre o tempo

Poema suspenso para uma cidade em queda, da Cia. Mungunzá (São Paulo), faz uma reflexão sobre o que fazer com o tempo que é dado a cada um durante a vida. Na história, uma pessoa cai do topo de um prédio e não chega ao chão. No palco, os atores ficam em um andaime de cerca de cinco metros, simbolizando o prédio, e em cada um dos nichos/apartamentos, uma história diferente se desenrola sem ligação aparente entre si. Sessões no dia 10 de julho (domingo), às 18h e 21h, no Graneleiro da Swift. 

 

Do pensamento ao caos

Artista de Fuga, da Araucária Produções Artísticas e Marcos Damaceno Cia. de Teatro, de Curitiba/PR, traz à cena um homem que mergulha em pensamentos e sentimentos tão caóticos quanto sua vida cotidiana. Procrastinador crônico, nunca dá conta de seus compromissos, dos prazos, do tempo, das contas a pagar e dos relacionamentos. A direção é de Marcos Damaceno, conhecido por peças que remetem mais à consciência da mente dos personagens do que ao mundo externo ou real. Apresentações no dia 13 de julho (quarta-feira), às 19h e 21h, no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto. 

 

FIT04

 

Glamorização da violência

War, da Cia. para Pessoas Solitárias, de Rio Preto, aborda de maneira cômica e irônica o processo de glamorização da violência a que estamos sujeitos cotidianamente. O grupo iniciou uma pesquisa acerca do tema da guerra no cinema hollywoodiano. Em cena, três atores transitam por personagens e situações típicas do ambiente militar. Sessões nos dias 12 e 13 de julho (terça e quarta-feira), às 21h, no Graneleiro da Swift. 

 

 

De Luís para Gabriela

Em Luís Antonio Gabriela, também da Cia. Mungunzá, de São Paulo, o diretor Nelson Baskerville coloca em cena sua própria história, onde o irmão mais velho, homossexual, Luís Antonio, desafia as regras de uma família conservadora dos anos 1960 e parte para a Espanha sob o nome de Gabriela. A produção leva a história até 2006, data da morte de Luís em Bilbao, onde viveu, até então, como Gabriela. Sessões nos dias 11 e 12 de julho (segunda e terça-feira), às 21h, no Teatro Municipal Paulo Moura.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso