Diário da Região

15/05/2015 - 13h52min

B.B. King

Rio-pretenses comentam morte do rei do blues

B.B. King

NULL Lendário B.B. King morreu ontem, aos 89 anos. Músicos do gênero em Rio Preto lamentam morte do ídolo (Foto: Divulgação)
Lendário B.B. King morreu ontem, aos 89 anos. Músicos do gênero em Rio Preto lamentam morte do ídolo (Foto: Divulgação)

Mesmo com a idade avançada, a morte de B.B. King abalou músicos ao redor do mundo e, em Rio Preto, a reação não tem sido diferente.

“Para mim, a grande influência do B.B. King tem mais a ver com o sentimento dele com a música, de não deixar o instrumento ser uma mera guitarra, ser mais que isso, ser uma continuidade do corpo dele. É isso que penso quando estou tocando o meu baixo”, diz o músico Alex Sander Macedo, que no momento toca um projeto solo que mistura blues, jazz e rock. “B.B. King não executava 300 notas ao mesmo tempo, executava as notas com sentimento. O legado que ele deixa é da arte, não é técnico”, afirma.

O baterista Junior Muelas, que toca na banda A Estação da Luz, no Big Blues Trio, entre outros projetos, observa que o bluesman norte-americano influenciou músicos de todos os gêneros, não apenas os ligados ao blues. “Além de ser um bluesman conceituadíssimo, era referência na guitarra. Em relação à feeling, era um dos grandes caras da guitarra”, fala.

“Tenho visto toda uma geração de músicos que foram muito importantes para mim morrer, alguns mais novos, outros em idade avançada, como foi o caso do B.B. King. O que mais me incomoda não é a morte em si, porque isso é natural e temos de aceitar. O pior é que não vejo novos músicos tomando o espaço deixado por ídolos do passado, principalmente em estilos como blues e jazz”, diz o músico Alberto Sabela, tecladista da banda Estação da Luz e produtor musical, dono do estúdio Area 13.

Na opinião dele, a questão não passa pela falta de talento da nova geração, mas sim pela banalização da música nos dias de hoje. “Qualquer um fica famoso com grana e bons contatos, a música não vem mais em primeiro lugar. Então, é muito difícil que vejamos novamente grandes músicos terem espaço e reconhecimento hoje”, conclui.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso