Diário da Região

07/03/2017 - 12h42min

MIOCARDIOPATIA DILATADA

George Michael morreu de causas naturais, afirma médico legista

MIOCARDIOPATIA DILATADA

A causa do falecimento do cantor George Michael, que foi encontrado morto, aos 53 anos, no último Natal em sua residência em Oxfordshire, na Inglaterra, foi revelada nesta terça-feira, 7, por um médico legista local.

Numa declaração para a imprensa britânica, o médico Darren Salter afirma que o cantor morreu de causas naturais, por conta de uma miocardiopatia dilatada, condição que deixa o coração aumentado e sem conseguir bombear o sangue.

"A investigação da morte de George Michael foi concluída e o relatório final foi recebido", diz o comunicado. "Como há a confirmação da causa natural da morte, sendo miocardiopatia dilatada, com miocardite e fígado gorduroso, a investigação está sendo encerrada e não há necessidade de quaisquer outras investigações."

O comunicado encerra informando que não serão dados novos detalhes sobre o caso e que a família do cantor pede que a mídia e o público respeitem sua privacidade.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.