Diário da Região

04/01/2017 - 00h00min

PONTO DE VISTA

Exposição reúne as obras de Héstia Tenfuss e Edson Ramos

PONTO DE VISTA

Guilherme Baffi A nova série de Héstia para a exposição conjunta com Ramos é inspirada em Joan Miró
A nova série de Héstia para a exposição conjunta com Ramos é inspirada em Joan Miró

O encontro de dois mundos distintos, mas que compartilham a ideia de renovação é o que move a exposição Ponto de Vista, com obras dos artistas plásticos Edson Ramos e Héstia Tenfuss. A mostra abre a temporada 2017 de atividades do Espaço Cultural Iguatemi a partir desta quinta-feira, 5. Os trabalhos ficam em cartaz até o dia 25. A realização é do shopping Iguatemi em parceira com o Núcleo de Cultura da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp).

As diferenças entre Edson e Héstia são muitas. Enquanto um artista tem um trabalho mais realista, o outro segue na direção do surrealismo abstrato. Enquanto um tem referências de street art e grafite, a outra busca nas obras clássicas do artista espanhol Joan Miró sua inspiração. Mas os dois se encontram em um momento muito semelhante de suas carreiras, um momento em que buscam por novas formas e estilos.

“Temos um trabalho muito diferente, mas no fim das contas eles convergem para um mesmo ponto, que é a vontade de fazer algo totalmente diferente”, afirma Héstia. “Eu e a Héstia nem nos conhecemos pessoalmente, só conversamos por e-mail e mensagens, mas esse projeto é a resposta para um desejo que compartilhamos, que é o de inovar. Não gosto de ficar sempre na mesma linha, preciso produzir algo novo, e essas obras são algo novo para nós dois”, completa Edson.

Héstia expõe 16 telas nascidas do seu estudo sobre arte. “Sempre trabalhei com releituras e agora estou direcionando meu mestrado para o assunto. Quando ia começar a produzir essas peças, minha mente já logo se virou para o Miró, um artista que gosto muito, cujo trabalho com muitas cores me traz alegria e me deixa curiosa. O uso que ele faz das cores e das formas parece que sempre tem algo para ser descoberto.”

 

Edson Ramos - 04012017 Com referências da street art e do grafite, Ramos leva seu trabalho para uma nova direção na mostra. “Minha maior inspiração são os animais. Desde que adotei um cachorro só tenho pintado cachorros. Para esse novo trabalho, resolvi ir além e fazer o retrato de casais de outros animais”, diz o artista

O trabalho foi todo baseado em quatro telas de Miró: Personagens e Cachorro Diante do Sol; O Ouro do Firmamento; Mulheres, Pássaros e Estrelas; e Jardim. “Cada tela estudada pode render mais de uma releitura. É um trabalho de inspiração que pode remeter diretamente ao trabalho do artista que me inspira ou que pode render algo apenas identificável, que faça o visitante da mostra resgatar em sua memória o artista e seu trabalho, mas sem perder o ineditismo de uma peça criada dentro do contexto atual, com as referências contemporâneas do artista que a cria”, conta Héstia.

Já Edson, que expôs no ano passado em Nova York, traz 12 telas cuja temática é uma ampliação do seu campo de atuação. “Minha maior inspiração são os animais. Desde que adotei um cachorro, só tenho pintado cachorros. Para esse novo trabalho, resolvi ir além e fazer o retrato de casais de outros animais. Além disso, normalmente, trabalho com muita cor. Desta vez, resolvi ficar mais contido, trabalhando mais com o preto, branco e vermelho.”

Ponto de Vista representa também a obviedade de seu título. É uma mostra que traz o ponto de vista dos artistas e como eles podem fazer o que desejam em sua arte. “Quando estávamos pensando em um título para a exposição, durante meus estudos para o mestrado, me deparei com a frase ‘a arte não representa a realidade; ela é a realidade percebida de um outro ponto de vista’. Isso ficou comigo e fazia muito sentido diante do que estávamos fazendo. 

Falei com o Edson e ele concordou. O artista faz com que dois mais dois possam ser cinco. Ele faz com que uma tartaruga possa voar. Eu faço o Miró do meu ponto de vista. O Edson faz a sua representação dos animais. E, ainda assim, cada um dos espectadores terá sua percepção do que verá ali exposto”, diz Héstia. A exposição é descrita ainda como um registro das faces do contemporâneo, em linhas distintas, mas que convergem na experimentação de cada um em busca de novas propostas.

Serviço

Ponto de Vista, exposição de Héstia Tenfuss e Edson Ramos, de 5 a 25 de janeiro, no Espaço Cultural Iguatemi. A visitação é aberta ao público e acontece durante o horário de funcionamento do shopping. Outras informações acesse o site www.iguatemiriopreto.com.br

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso