Diário da Região

16/11/2016 - 00h00min

RIO DE JANEIRO

Deslizamento de solo e rochas deixa dois mortos

RIO DE JANEIRO

Divulgação Destroços atingiram pelo menos cinco casas em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro
Destroços atingiram pelo menos cinco casas em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro

Um deslizamento de solo e rochas ocorrido no fim da noite desta segunda-feira, 14, deixou dois mortos no município fluminense de Petrópolis, na região serrana do Estado. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil resgataram os corpos de Paulo Roberto Souza, de 70 anos, e de Consuelo do Carmo, de 49 anos, na rua Uruguai, no bairro Quitandinha.

Mais de mil toneladas de rochas e terra desceram de uma encosta por mais de 200 metros, segundo a Secretaria de Defesa Civil e Segurança Pública. Em comunicado, a pasta informou que o deslizamento atingiu pelo menos cinco casas e que as buscas pelas duas vítimas foram iniciadas logo após o incidente, por volta das 23 horas. Por causa da chuva e da instabilidade em toda a área, o trabalho chegou a ser interrompido pouco depois das 3h, mas foi retomado pela manhã desta quarta-feira.

A Defesa Civil pede que a população não se dirija à região. A rua permanece interditada, com risco iminente de novos deslizamentos, por isso toda área foi isolada. Por conta da situação de risco que ainda permanece, os moradores da região foram orientados a sair de casa e a buscar locais seguros. A igreja Santíssima Trindade e o posto de saúde que funciona no prédio anexo à igreja, além do Centro de Educação Infantil Chiquinha Rola, estão servindo como ponto de apoio aos moradores.

Desde sábado, a Secretaria de Defesa Civil e Segurança Pública registrou 59 ocorrências pelo telefone 199. A ocorrência mais grave foi a registrada na rua Uruguai, no Quitandinha. Segundo a Defesa Civil, não há desabrigados na cidade e 15 famílias estão desalojadas. De acordo com nota divulgada pela prefeitura de Petrópolis, o prefeito Rubens Bomtempo está no local e manifestou solidariedade às famílias das vítimas. “Os esforços das equipes se concentraram, no primeiro momento, no resgate às vítimas.

Estamos ao lado das famílias neste momento difícil”, disse, logo após a localização dos corpos. Por volta das 14h desta terça-feira, a Prefeitura de Petrópolis emitiu uma nota afirmando que “lamenta que mais uma vez desastres naturais tenham ocasionado a perda de vidas no município”. Ainda pela manhã e no início da tarde, ele conversou com moradores e se reuniu com técnicos da Defesa Civil, a fim de definir os próximos passos que serão dados pelo município.

Inclusão

A Prefeitura também disse que “vai tentar, junto ao Ministério das Cidades, incluir a obra necessária na região no pacote do PAC Encostas, que prevê obras de prevenção, com contenção de encostas, em 14 localidades da cidade”. O secretário de Defesa Civil, Rafael Simão, fez um apelo para que as pessoas não se dirijam à região e advertiu que a presença de curiosos atrapalha o trabalho das equipes.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso