Diário da Região

19/06/2015 - 00h00min

DILIGÊNCIAS

MP cobra investigação policial de desaparecido

DILIGÊNCIAS

JOHNNY TORRES Promotor José Heitor dos Santos
Promotor José Heitor dos Santos

O Ministério Público vai apurar se as delegacias de polícia de Rio Preto investigam o paradeiro de pessoas desaparecidas. De acordo com portaria da Delegacia Geral de Polícia de 2014, a corporação é obrigada a instaurar um procedimento de investigação de desaparecidos (PID) para cada boletim de ocorrência de desaparecimento.

No PID, segundo o promotor José Heitor dos Santos, responsável pela investigação, a polícia faz diligências em redes sociais, bancos de dados como o Infoseg e contata familiares, amigos, local de trabalho, escolas e hospitais. “Se a portaria não estiver sendo cumprida, vou encaminhar para a Corregedoria da Polícia Civil”, disse o promotor, que atua como corregedor da corporação na comarca.

No ano passado, o Diário revelou que, de 2010 a 2014, a Polícia Civil deixou de esclarecer 587 desaparecimentos de pessoas na região de Rio Preto. Os números foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação. Procurado, o delegado-assistente do Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter-5), Raymundo Cortizzo Sobrinho, não foi localizado.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso