Diário da Região

10/06/2015 - 00h00min

ONDA VERDE

Quatro anos depois, semáforos começam a ser sincronizados

ONDA VERDE

Sergio Isso Avenida Alberto Andaló
Avenida Alberto Andaló

Depois de desembolsar R$ 500 mil e gastar quatro anos em tentativas, a Secretaria de Trânsito anunciou que conseguiu fazer a sincronização dos semáforos na região central de Rio Preto. A chamada “onda verde” está funcionando em caráter de teste. “Conseguimos colocar a casa em ordem na região central. Agora vamos terminar os testes e verificar os resultados. Depois disso vamos ampliar para outros bairros, como a Boa Vista, por exemplo”, afirmou o secretário de Transito, Aparecido Capello.

O secretário explicou que conseguiu, junto com técnicos contratados pela secretaria, utilizar os equipamentos que haviam sido comprados em 2012. “Eu cheguei a dizer no ano passado que seria impossível fazer a sincronização dos semáforos com os aparelhos que a gente tinha, mas me enganei e agora estamos vendo os resultados. Os semáforos estão funcionando em sincronia na área central”, diz.

A área central de Rio Preto é formada pelo quadrilátero entre as avenidas Bady Bassitt e Alberto Andaló e as ruas Independência e Pedro Amaral. De acordo com o técnico da Otávio Rodrigues Kozyrski, da Secretaria de Trânsito, para que a sincronização fosse realizada foi necessário readequar os equipamentos da secretaria, já que estavam tecnologicamente obsoletos.

“Instalamos antenas em quatro pontos diferentes da cidade e interligamos a rede com fibra óptica, o que nos deu agilidade e a possibilidade de transpor as barreiras que estávamos enfrentando com a rede de rádio”, informou. Ainda de acordo com o técnico, enquanto as obras na Bady Bassitt estiverem acontecendo, três pontos continuarão sem sincronia: rua Independência, rua Pedro Amaral e rua Saldanha Marinho.

“Eles já estão programados, mas como as obras estão acontecendo, estamos priorizando o corredor de ônibus na Prudente de Moraes e na Pedro Amaral. Assim que as obras terminarem, elas voltarão a ter sincronia”, afirma o especialista. De acordo com o secretário após testado e aprovado, a sincronia dos semáforos será levada para a avenida Philadelpho Gouveia Netto, para a avenida Cenobelino de Barros Serra e para as ruas a Boa Vista. O secretário não informou prazos.

Outro plano do secretário, também sem prazo para ser implantado, é a aquisição de uma central de monitoramento em tempo real, que vai contar com câmeras instaladas nos semáforos. Isso possibilita fazer ajustes nos de forma rápida nos semáforos. É útil quando acontece acidente ou alguma intercorrência no trânsito.

 

CRONOLOGIA:

2011 - Secretaria de Trânsito anuncia licitação no valor de R$ 500 mil para a sincronização dos semáforos

2012 - A central de sincronização foi instalada pela Secretaria. A empresa Tesc foi a vencedora do contrato. O prazo para o funcionamento era de 150 dias.

2013 - A empresa instalou os controladores nos semáforos. Aparelhos de rádio-base que se comunicavam entre si, possibilitando a sincronização, porém, o serviço apresentou diversas falhas

2014/15 - A Prefeitura contratou funcionários para gerenciar a central de sincronização e adaptou os aparelhos que estava obsoletos

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso