Diário da Região

08/10/2015 - 00h36min

TÃO PERTO, TÃO LONGE

UBS fechada obriga população do Lealdade e Amizade a buscar atendimento em Talhado

TÃO PERTO, TÃO LONGE

Johnny Torres A dona de casa Monalisa pega ônibus até o distrito de Talhado para vacinar filha
A dona de casa Monalisa pega ônibus até o distrito de Talhado para vacinar filha

A dona de casa Monalisa Cristina da Silva Pereira, 29 anos, mora a dois quarteirões da UBS Lealdade e Amizade, mas ontem teve de ir de ônibus até o postinho de saúde de Talhado para vacinar a filha. Pronta há pelo menos três meses, a unidade básica de saúde ainda não foi inaugurada, obrigando 2.508 famílias dos residenciais Lealdade e Amizade a procurarem outros serviços de atendimento. Os bairros foram entregues em março de 2014.

Moradora do Lealdade, Monalisa levaria cerca de cinco minutos, a pé, até a UBS do bairro. Com o prédio ainda sem funcionamento, ela levou pelo menos duas horas entre ida e volta à Unidade de Saúde de Talhado, a mais próxima, que fica a oito quilômetros do bairro. 

 

Leia mais na edição impressa ou digital do Diário da Região, desta quinta-feira, dia 8.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso