Diário da Região

30/01/2016 - 11h15min

SEGUNDO CASO

Duas travestis são baleadas no bairro Parque Industrial, em Rio Preto

SEGUNDO CASO

Guilherme Baffi Travesti que teve celular roubado (de branco) e testemunha do crime depõem na Central de Flagrantes
Travesti que teve celular roubado (de branco) e testemunha do crime depõem na Central de Flagrantes

Atualizada às 23h10 deste sábado, 30

 

Duas travestis de 21 e 24 anos foram baleadas por volta das 23 horas desta sexta-feira, dia 29, na avenida Cenobelino de Barros Serra, bairro Parque Industrial, em Rio Preto. A Polícia Militar prendeu em flagrante o empresário Fábio Alexandre dos Santos, 35 anos, e apreendeu o filho dele de 16 anos, acusados de serem os autores do crime. A polícia também apreendeu uma espingarda que teria sido usada na ação (que consta como furtada), um revólver calibre 22, munição e um celular. 

As vítimas foram atendidas na UPA Norte e encaminhadas à Santa Casa. A travesti de 24 anos levou cinco tiros: um no peito esquerdo, dois no braço direito, um no punho esquerdo e um na virilha. O estado de saúde dela é estável, mas não tem previsão de alta. Já a travesti de 21 anos teve a coxa esquerda atingida e recebeu alta na tarde de ontem. Esse é o segundo crime contra travestis registrado em menos de uma semana em Rio Preto. 

O empresário é acusado de tentativa de homicídio, receptação e posse ilegal de arma de fogo, e o adolescente, de tentativa de homicídio e roubo. O adolescente, que havia dois meses estava internado na Fundação Casa devido ao envolvimento no tráfico de drogas, teria levado o celular de uma terceira travesti, que teria sido agredida logo depois dos disparos. Um funcionário do empresário também foi preso, acusado de posse ilegal de arma de fogo, mas foi liberado depois de pagar fiança no valor de R$ 1,5 mil.

Segundo o cabo da PM Fernando Aleixo, que atendeu o caso, ele fazia patrulhamento na avenida Cenobelino quando um mototaxista, assustado, o parou dizendo que um rapaz em uma Saveiro na cor branca tinha apontado em sua direção uma arma e disparado, e que dentro do veículo também havia um adolescente. 

O policial seguiu na direção indicada e encontrou uma travesti apavorada. Ela relatou que um homem em uma Saveiro com as mesmas características havia disparado contra duas amigas suas e batido em outras duas, roubando o celular de uma delas.
A Saveiro foi localizada estacionada na rua São João. Segundo a PM, na ocasião, o empresário negou qualquer envolvimento com o crime. 

Ainda de acordo com a polícia, a espingarda foi localizada no apartamento do empresário. Os policiais também foram até a chácara dele, onde prenderam o funcionário em posse de um revólver calibre 22. A alegação posterior teria sido que o adolescente teria ido ao local acompanhado do pai porque travestis teriam roubado seu celular, no mesmo dia. 
As vítimas baleadas fizeram o reconhecimento do pai e do filho por meio de foto, quando estavam na UPA Norte, ainda conforme a PM. 

Na Central de Flagrantes, uma travesti presente no local declarou ao Diário que o empresário disparou contra um grupo de travestis parado em uma esquina, depois de perguntar pelo celular do filho. Ela alegou ainda que nenhuma das vítimas havia roubado o aparelho do adolescente, e que o acusado teria atirado de forma aleatória. Uma outra testemunha diz ter medo da falta de segurança.

Homicídio

Na noite do último domingo, 24, uma travesti de 20 anos foi morta a tiros no bairro Jardim Paraíso. Rodrigo Matheus Santos Pereira, 20 anos, que usava o nome social Dani, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Na manhã de quarta-feira, dia 27, a Polícia Civil deteve dois irmãos, um de 18 e outro de 16 anos e um adolescente de 16 anos, suspeitos do crime, que teria motivação homofóbica.  Procurado, o advogado do empresário e do adolescente, Mateus Floriano, disse que vai entrar com pedido de liberdade provisória para ambos. 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso