Diário da Região

30/01/2016 - 00h00min

Capricho de mãe

Rute pegou várias receitas de guloseimas e foi à luta

Capricho de mãe

Sergio Isso Rute Aparecida Comelis fez sucesso e conseguiu criar os dois filhos
Rute Aparecida Comelis fez sucesso e conseguiu criar os dois filhos

A doença rara e incurável do filho caçula abriu o caminho para Rute Aparecida Comelis brilhar com suas guloseimas. Matheus Henrique, de 20 anos, é portador da síndrome de Sturge-Weber. Pouco antes de completar 4 anos, ele sofreu uma convulsão e ficou 41 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Separada do marido, Rute já vivia dias de pressão para cuidar de Matheus e do mais velho, Marcos, na casa em que viviam, em Mirassol. Nesse período, fazia curso de depilação e iria trabalhar no salão de beleza da irmã Eliandra.

Porém, ouviu do médico: “o Matheus não voltará como antes, vai precisar de fisioterapia e uma série de cuidados. “O neurologista disse que se o Matheus cair e bater a cabeça poderá ser fatal”, recorda Rute.

Diante disso, esqueceu de vez o emprego no salão de beleza. “Fui em busca de algumas receitas de pão de mel. Em pouco tempo, comecei a receber encomendas”, disse Rute.

Do pão de mel, criou sua rede de produtos. Hoje, ela oferece alfajor, beliscão, cookies, sequilhos de nata caipira, palitinhos salgados com cebola, queijo, gergelim e pimenta, e outro com massa de batata, queijo, orégano e gergelim.

Além de bolacha de nata caipira com coco e nozes; com nata e goiaba; e rosquinhas de laranja com gergelim e erva-doce; com casquinha de limão e outra de cravo, canela e noz-moscada. No final do ano, Rute também vende panetone sob encomendas.

As guloseimas se espelharam e chegaram aos restaurantes e padarias da região. Fernanda Nasser, dona de um restaurante na rua Pernambuco, área nobre em Rio Preto, é uma de suas clientes. “Compramos em média 10 quilos de bolachas e rosquinhas por mês, e tem boa saída. São excelentes”, falou Fernanda.

No começo, a mirassolense quase não saía de casa e contou com ajuda das irmãs e amigas para divulgar seus produtos. “Eu pedi para Deus uma luz, precisava fazer alguma coisa e não poderia sair de casa. Recebo até hoje algumas receitas, inclusive de clientes, faço testes e procuro melhorar. Graças a Deus, estou conseguindo pelo menos as coisas do meu filho”, conta a mãe, orgulhosa.

A luta foi árdua. A síndrome de Sturge-Weber é rara e afeta o sistema neurológico, provocando desordem na pele. O tratamento exige remédios caros e importados. “Hoje, ganhamos do governo, através de uma liminar, o Keppra, que vem do Canadá. Mas já paguei R$ 1,1 mil por mês. Dependia da cotação do dólar e demorava até um mês para chegar”, recorda.

 

RECEITA:

Rosquinha de laranja com gergelim

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 10 colheres de açúcar
  • 300 gramas de margarina
  • 3 ovos
  • 1 xícara de erva-doce
  • 1 colher de fermento em pó
  • 1 colher de bicarbonato de sódio
  • meia xícara de leite
  • 1 xícara de gergelim torrado
  • Raspinha de laranja

:: Coloque tudo na batedeira. Em seguida, monte a rosquinha e leve ao forno

 

Esta seção é publicada sempre aos sábados, de forma alternada com a coluna Feito à Mão. Envie sugestões para o e-mail bruno.ferro@diariodaregiao.com.br, pelo telefone (17) 2139-2151 ou pelo Whatsapp (17) 99129-7019.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso