Diário da Região

19/08/2015 - 00h00min

Trecho curto e perigoso

Rua de terra vira atalho perigoso

Trecho curto e perigoso

Johnny Torres Carros e motos fazem fila em estrada de terra que virou atalho para quem quer fugir do congestionamento da avenida João Bernardino de Seixas Ribeiro, onde está sendo construído novo viaduto de acesso aos bairros da zona norte
Carros e motos fazem fila em estrada de terra que virou atalho para quem quer fugir do congestionamento da avenida João Bernardino de Seixas Ribeiro, onde está sendo construído novo viaduto de acesso aos bairros da zona norte

Para fugir do congestionamento e transtornos causados pela obra do novo viaduto de acesso à zona norte, motoristas estão recorrendo a um atalho que esconde um perigo. A rua Izidoro Pupin tem 1.200 metros e, no meio dela, um cruzamento em nível com a linha férrea. A rua é de terra e não há cancela para garantir o mínimo de segurança a quem faz uso da via.

A rota é utilizada diariamente principalmente por trabalhadores de indústrias que moram na zona norte, porém, com as obras do novo viaduto da avenida João Bernardino de Seixas Ribeiro, o fluxo de veículos aumentou na rua de terra. “Está sem condições de passar lá nos horários de pico. Por aqui (na rua Izidoro) tem menos movimento, apesar de não ter cancela. Precisam asfaltar essa rua”, disse a jornalista Agda Prado, 42 anos.

Moradora do bairro Nato Vetorazzo, ela tem utilizado o acesso para levar a filha ao colégio. “O problema é a poeira da estrada”, afirmou. A poeira da rua Izidoro Pupin também prejudicou o motorista de empilhadeira Paulo Sérgio Pinto, 40 anos. Quando a via tinha pouco movimento, ele levava o filho de bicicleta do bairro Jardim Gabriela, onde mora, para a creche no bairro Gonzaga de Campos.

 

Atalho estrada de terra Carro aguarda passagem do trem na rua Izodoro Pupin; todo fim de tarde o fluxo de carros e motos aumenta na estrada de terra

“Agora não dá mais. Passa carro toda hora e ele (filho) ficava com rosto cheio de terra. Está difícil para andar de bicicleta sem se sujar”, afirmou. Sem alternativa, Paulo Sérgio precisou recorrer a um irmão para o filho Samuel Leandro, 4 anos, chegar à creche. “Tive de pedir favor. Ele está levando de carro”, disse. Em dez minutos no local, a reportagem contou 28 veículos passando pelo lugar. Até um micro-ônibus do transporte público tem utilizado o atalho não pavimentado.

Perigo com o trem

Com uma nuvem de poeira na rua Izidoro Pupin, os motoristas precisam ter atenção ao cruzar a linha férrea. O local não possui cancela. A América Latina Logística (ALL), concessionária responsável pela ferrovia, informou que as sinalizações verticais são suficientes para o lugar e que está de acordo com as exigências da agência reguladora.

“A empresa acrescenta ainda que a instalação de cancelas é executada de acordo com estudos realizados individualmente em cada passagem de nível, que determinam se há necessidade do dispositivo naquele ponto específico. De acordo com o Código Nacional de Trânsito, a linha férrea é sempre preferencial, sendo obrigatório que os veículos parem e se certifiquem de que não há trens se aproximando antes de efetuar o cruzamento.

Atravessar uma passagem de nível sem antes parar é infração gravíssima, sujeita a multa e perda de pontos na carteira”, informou em nota. A Secretaria de Trânsito de Rio Preto informou que vai fazer uma vistoria no local para verificar o que pode ser feito naquela rua.

Colaborou Victor Augusto

 

 

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso