Diário da Região

14/05/2015 - 00h07min

Desfalque no combate

Substituição de agentes dá 'trégua' ao Aedes

Desfalque no combate

Fotos: Reprodução Bebê Samuel Lucas, aposentado Elias Sabbag e dona de casa Silvia Oliveira; mortes por dengue
Bebê Samuel Lucas, aposentado Elias Sabbag e dona de casa Silvia Oliveira; mortes por dengue

A Prefeitura de Rio Preto vai demitir os 350 agentes de combate à dengue, contratados via convênio com Hospital Ielar, e substituir por concursados. O problema é que o desfalque não garante reposição imediata de funcionários e, com isso, o combate à dengue será prejudicado em plena epidemia da doença que já matou três e contaminou 2.989 pessoas na cidade neste ano. A Secretaria Municipal de Saúde diz que irá admitir 400 aprovados em concurso público realizado no ano passado, mas há controvérsia: o Ielar afirma que nem todos irão assumir os cargos, porque somente 300 pessoas conseguiram apresentar documentação necessária para contratação.

Há risco de descontinuidade na campanha de combate à dengue, porque ao mesmo tempo que agentes são demitidos, os novos contratados ainda terão de passar por treinamento, antes irem às ruas. Por nota, o Hospital Ielar afirma que a Prefeitura fará uma redução no convênio que mantém com a entidade, mas o valor do contrato não foi relevado pela instituição e pela administração municipal.

Os agentes demitidos foram pegos de surpresa. "Estávamos em trabalho de eliminação de criadouros, no bairro, onde morava a moça que morreu com suspeita da doença (Brigitt Trelha, na segunda-feira). Na minha turma foram 80 pessoas dispensadas. Como fica agora o serviço de prevenção?", questiona um dos agentes demitidos, que não quis se identificar, por medo de represália.

A Secretaria de Saúde diz nesta semana que foram empossados 150 agentes e que o restante das vagas será preenchido nos próximos dias de forma gradual. A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Rio Preto, Sanny Lima Braga, diz que apesar de ser contra terceirização da Saúde, acha descabido demitir agentes em plena epidemia, para contratar pessoas que ainda serão treinadas. "Poderiam aguardar reduzir os índices da doença, para fazer as substituições", sugere a sindicalista.

 

 

Rua Rodrigo Alves Dutra Rua Rodrigo Alves Dutra, no bairro Parque da Cidadania, apelidada de "rua da dengue": 14 doentes e uma morte neste trecho

Dengue tirou 3 vidas em 2015

O aposentado Elias Sabbag, 56 anos, o bebê Samuel Lucas Daniel de Sousa, de apenas sete meses, e a dona de casa Sílvia Helena Maura de Oliveira, 48 anos, são as pessoas que morreram de dengue, na epidemia de 2015, em Rio Preto. A primeira vítima foi Sabbag, morador do bairro Aclimação, no dia 26 de março. Elias ficou 22 dias internado na UTI do Hospital de Base, mas não resistiu às complicações do quadro clínico.

A segunda vítima foi o bebê Samuel, do Parque da Cidadania, que morreu no dia 20 de abril, no hospital Beneficência Portuguesa. Segundo a mãe, Leilane Daniel, o filho foi tratado erroneamente de pneumonia até ser descoberta a dengue. A terceira vítima de dengue, a dona de casa Silvia Helena, do bairro Dom Lafayette, morreu oito dias depois do diagnóstico, no último domingo.

Na terça-feira, morreu também a operadora de caixa de supermercado Brigitt Trelha, de 34 anos. A Secretaria Municipal de Saúde mandou fazer análise no Instituto Adolfo Lutz, para verificar a suspeita de que a morte tenha sido provocada pela dengue. Se confirmado, ela pode ser a quarta pessoa a morrer com a doença. 

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso