Diário da Região

22/07/2016 - 16h40min

'Diabo Loiro'

Serial Killer tatuava uma cruz para cada vítima

'Diabo Loiro'

(foto: Divulgação / Polícia Civil A cada vítima que ele faz, tatua uma nova cruz nas costas. São 15 mortes, incluindo três irmãos
(foto: Divulgação / Polícia Civil)
A cada vítima que ele faz, tatua uma nova cruz nas costas. São 15 mortes, incluindo três irmãos (foto: Divulgação / Polícia Civil)

Um serial killer, acusado de matar 15 pessoas, foi preso na quinta-feira, 21, no distrito de Nova Descoberta, em Petrolina, Sertão do Pernambuco. Roberto Gonçalves da Silva, conhecido com 'Diabo Loiro', estava foragido há cerca de um ano e foi capturado após uma denúncia anônima. 

De acordo com a Polícia Civil, ele já havia sido condenado a 159 anos de cadeia pelos 15 assassinatos que cometeu, incluindo a morte de três irmãos. Ele chegou a cumprir 10 anos de prisão em Petrolina, mas em novembro do ano passado, quando se encontrava em regime semiaberto, quebrou a tornozeleira eletrônica e fugiu.

O mais curioso é que o acusado tem um cemitério tatuado nas costas. A cada vítima ele tatua uma nova cruz. Segundo a polícia, Diabo Loiro afirmou que gostava de matar as pessoas com faca para sentir o sofrimento da vítima em suas mãos

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso