Diário da Região

09/09/2016 - 00h00min

SOLIDARIEDADE

Varal reúne doações de roupas e sapatos para quem precisa

SOLIDARIEDADE

Mara Sousa 6/9/2016 Julia Paglione, funcionária do Senac, arruma as peças de roupa do varal solidário: projeto vai até este sábado, dia 10
Julia Paglione, funcionária do Senac, arruma as peças de roupa do varal solidário: projeto vai até este sábado, dia 10

O Senac de Rio Preto criou um varal solidário de roupas e calçados destinado aos moradores de rua que vivem nas imediações da instituição. Todas as 3 mil peças foram arrecadadas por alunos e funcionários.

O detalhe é que a iniciativa faz parte de um programa interno da escola que incentiva os funcionários a praticar ações sociais. Mas os alunos se solidarizaram e também contribuíram.

“Para nossa surpresa, um projeto que era apenas dos funcionários contou com adesão de todos os alunos do Senac. Eles se sentiram à vontade para oferecer roupas e calçados usados, todos em bom estado de conservação”, disse o gerente da escola em Rio Preto, Luís Carlos de Sousa. “Estamos na nossa semana do voluntariado. E, com esse varal, experimentaram a sensação de contribuir com o semelhante que está em condições de risco”, completou.

Luis Carlos afirma que a ação foi motivada pelo aumento da presença de moradores de rua na imediações da escola, que fica perto do prédio da Prefeitura.

Para evitar danos às peças doadas, os funcionários do Senac estão colocando os itens de forma gradativa. A reposição é feita quando percebem que o varal está esvaziando.

Até os moradores de rua, que a princípio seriam apenas beneficiados pelo projeto, estão colaborando com as doações. Alguns estão colocando no varal peças de roupas, também em bom estado, para serem compartilhadas com outras pessoas que estão na mesma condição que eles.

VARAL DE ROUPAS Simone (nome social), moradora de rua, adorou a iniciativa

Simone de Araújo Pelarin (nome social), de 35 anos, foi quem mais curtiu a ideia do varal solidário. “Vim de Valentim Gentil para Rio Preto, em busca de emprego, mas não consegui. Por enquanto, vou sobrevivendo como moradora de rua. Bacana ver essa ação para nos ajudar”, disse Simone, que é diarista.

Todos os dias, Simone dá uma conferida no varal para ver se há peças do teu tamanho. “Eu sempre ganho muitas roupas de doações de pessoas que passam de carro e me conhecem. Como não uso tudo, também deixo algumas aqui no varal. Vai que alguém precisa mais do que eu”, disse a moradora, que ainda não achou um par de sapatos no seu número.

De passagem pelo Centro, a auxiliar de limpeza, Fernanda Prates, 31 anos, aproveitou para pegar algumas peças no varal solidário. “Peguei um shortinho e uma blusinha. E minha mãe disse que vem passar aqui também para pegar. Mas vou doar minhas peças”, disse Fernanda.

Toda as roupas e calçados que não forem aproveitados serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade de Rio Preto e para entidade Madre Teresa de Calcutá.

Serviço: o varal solidário fica na rua Jorge Tibiriçá, na praça perto da esquina com a avenida Alberto Andaló. O projeto segue até este sábado, 10.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso