Diário da Região

22/07/2016 - 00h00min

FENÔMENO RARO

Até o dia 30 é possível ver o alinhamento dos planetas

FENÔMENO RARO

Johnny Torres 21/7/2016 Rio-pretenses aproveitaram para ver o fenômeno pelo telescópio do Ciecc. Na foto, Yasmin Gabriele Marques observa o céu, junto com o coordenador do Observatório, José Eduardo Rameh.
Rio-pretenses aproveitaram para ver o fenômeno pelo telescópio do Ciecc. Na foto, Yasmin Gabriele Marques observa o céu, junto com o coordenador do Observatório, José Eduardo Rameh.

Os apaixonados por astronomia e interessados pela galáxia vão passar os próximos dias com os olhos fixos no céu, especificamente no sentido sudoeste. É que até o final do mês acontece um fenômeno raro: o alinhamento de cinco planetas, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno, fato que só se repete a cada 24 anos.

O chefe do Departamento de Astronomia da USP, Amaury Augusto de Almeida explica que o alinhamento é a rara combinação das órbitas dos cinco planetas, com relação à Terra e ao Sol. O brilho solar faz com que os astros celestes sejam mais visíveis a olho nu.

“Para enxergá-los basta olhar para direção sudoeste, no pôr do sol, que qualquer um poderá visualizá-los na linha do horizonte. O mais brilhante será Venus, Marte terá cor avermelhada. O mais incrível será ver os maiores planetas de nosso sistema solar, o gigante Júpiter e o grande Saturno”, explica o astrônomo.

Segundo Amaury, a última vez que o alinhamento dos cinco planetas ocorreu foi em 1992. “É uma das poucas oportunidades que temos para ver detalhes destes planetas com telescópios mais simples, que não precisam ser superpotentes”, explica o astrônomo.

O médico homeopata Nelson Falsarella, estudioso de astronomia, preparou-se para fotografar de seu telescópio o alinhamento planetário.

alinhamento 22072016 Clique para ampliar

“Desde o começo de 2016, os planetas então com órbitas mais próximas da Terra. Consegui fazer com meu equipamento belas fotos de Saturno e Júpiter. Vou agora acompanhar o alinhamento dos planetas”, diz o médico.

O Grupo de Astronomia da escola Darci Ribeiro (Carp) vai se reunir nesta sexta-feira, dia 22, das 18h às 19h, para fazer a observação do alinhamento.

“Vamos instalar dois telescópios no campinho da escola, apagar as luzes e fazer a observação. Para orientar os alunos, vamos identificar qual é cada um dos planetas”, diz o coordenador do grupo, o professor de geografia Wagner Soeiro.

Para quem está a fim de ver mais fenômenos celestes, os astrônomos avisam que entre os dias 13 e 14 de agosto, vai acontecer a maior chuva de meteoros do ano. Principalmente de madrugada vai ser possível ver 50 meteoros por hora.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso