Diário da Região

07/07/2016 - 00h00min

DUAS REGRAS

A partir de sexta, quem não ligar o farol baixo leva multa

DUAS REGRAS

Johnny Torres Descumprimento da medida que obriga farol baixo acarreta quatro pontos na carteira e multa de R$ 85. (Foto: Johnny Torres)
Descumprimento da medida que obriga farol baixo acarreta quatro pontos na carteira e multa de R$ 85. (Foto: Johnny Torres)

A lei que torna obrigatório o uso do farol baixo aceso durante o dia nas rodovias passa a valer nesta sexta-feira, dia 8, e já começa com polêmica e divergência de critérios.

Nas rodovias estaduais, a fiscalização irá cumprir à risca a exigência da Lei Federal 13.290, que obriga especificamente o uso do farol baixo. Nas rodovias federais uma nota técnica irá aceitar, além do farol baixo, também o DLR (Daytime Running Light), dispositivo de iluminação diurna que liga automaticamente com o veículo.

A decisão da Polícia Rodoviária Federal em também levar em consideração o DLR ocorreu através de uma nota técnica do órgão. "O Contran disciplina o uso do DLR na resolução 227/2007, estabelecendo este tipo de iluminação segura durante o dia, por isso, nas rodovias federais também será aceito", afirmou o inspetor Fagner Moura Camargo, chefe da delegacia da PRF em Rio Preto.

Por enquanto, as rodovias estaduais não têm essa determinação, portanto, só vale o farol baixo. Até então, o uso de farol só era exigido para todos os veículos durante a noite e em túneis, independentemente do horário do dia. Para as motos, o uso das luzes já era obrigatório durante o dia e à noite.

artetransito07072016 Clique na imagem para ampliar

A mudança no Código Brasileiro de Trânsito (CTB), que saiu no Diário Oficial da União em maio, tem como objetivo aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais e transversais. “Principalmente em cruzamento em nível. Também em ultrapassagens, porque dependendo da posição do sol a visão é prejudicada. E com o sistema de luz dos veículos acionados esperamos que caiam as estatísticas de acidentes”, disse o tenente Maurício Noé Cavalari, da Polícia Rodoviária Estadual.

As policias rodoviárias Estadual e Federal alertam para os motoristas não confundirem lanterna com farol baixo. “Pedimos que o cidadão tome cuidado já que em Rio Preto as rodovias são utilizadas como avenidas no deslocamento de um bairro a outro. Quem não tiver o hábito de acender o farol baixo ficará sujeito às determinações da lei”, disse o inspetor Fagner.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.