Diário da Região

22/04/2015 - 16h57min

NOVA ESPERANÇA

Pelarin libera 12 menores que estavam na Fundação Casa

NOVA ESPERANÇA

Johnny Torres Mãe sai de fórum abraçada a filho que estava na Fundação Casa. Foto Johnny Torres
Mãe sai de fórum abraçada a filho que estava na Fundação Casa. Foto Johnny Torres

Após 29 dias de internação na Fundação Casa, os 12 adolescentes envolvidos na depredação  na escola do Nova Esperança, no último dia 25, foram liberados. A decisão ocorreu durante audiência na Vara da Infância e Juventude de Rio Preto, realizada nesta quarta-feira, dia 22. Os menores terão que prestar serviço à comunidade, inclusive reforma da unidade escolar, e cumprir recolhimento domiciliar à partir das 19h durante 6 meses, além de ter frequência na escola.

O  juiz Evandro Pelarin informou que o processo foi suspenso e o descumprimento das medidas implica na reabertura, o que pode significar nova internação na Fundação Casa. Os pais saíram da audiência advertidos para acompanharem os filhos  e também podem ser responsabilizados, de acordo com o artigo 249 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que aborda a negligência dos responsáveis para com os menores.

“Entendemos que, por serem primários (a maioria deles), e também porque entenderam a gravidade do que cometeram, eles desejam retomar a vida”, afirmou o juiz Pelarin.

Os adolescentes deixaram o Fórum já cadastrados para encaminhamento no mercado de trabalho. “Além de mostrar a eles que o crime não compensa, o melhor lugar para eles é a escola para estudar e o trabalho.”

De acordo com o gerente regional do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), Nei Godoy, dez adolescentes foram cadastrados. “Oferecemos o encaminhamento à esses jovenzinhos, que serão selecionados de acordo com critérios das empresas e vocacionais de cada um. Somente dois, por serem menores de 14 anos, não foram cadastrados. É uma oportunidades para eles.”
Para o promotor André Luis de Souza, as medidas aplicadas foram suficientes. “Que fique claro para a sociedade que a lei foi, sim, aplicada. Eles prestarão serviço à comunidade e, para sair à noite, devem estar acompanhados. Se houver descumprimento, o processo será reaberto.”

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso