Diário da Região

20/04/2015 - 18h55min

SURPRESA

À espera de um transplante, Raniely ganha festa de aniversário

SURPRESA

Johnny Torres Raniely comemora 10 anos em sua primeira festa de aniversário, organizada por voluntários do HB (Foto: Johnny Torres)
Raniely comemora 10 anos em sua primeira festa de aniversário, organizada por voluntários do HB (Foto: Johnny Torres)

A primeira festa de aniversário de Raniely Ferreira da Rocha teve bolo, salgadinhos, refrigerante e, entre vários presentes, um especial: a dupla Tony & Kleber.

Vivendo há seis meses entre cateteres e máquinas de hemodiálise, ela comemorou ontem os 10 anos e a sua primeira festa de aniversário cercada da equipe e pacientes que convivem diariamente no setor de hemodiálise do Hospital de Base de Rio Preto.

De batom e com bexigas enfeitando sua máquina, Raniely não acreditava no que acontecia. O sorriso escancarado e o brilho nos olhos não escondiam sua alegria e surpresa. “Nunca pude fazer uma festa de aniversário para ela. Estou muito feliz. A gente não sabe o dia de amanhã. A felicidade dela é o que importa”, afirma o pai Delci Roberto da Rocha, 36 anos. Desempregado, ele acompanha a filha diariamente às sessões de tratamento.

Raniely foi ativa e saudável até outubro passado, quando após acordar extremamente inchada foi diagnosticada com falência renal. “Ela brincou normalmente no dia 25 de outubro, no dia 26 acordou com o rosto, braços e pernas incha<CW-11>dos. Os médicos explicaram que os rins não se desenvolveram. Então ela vem fazer hemodiálise todo dia e vai entrar na fila do transplante”, conta o pai.

Mas a viagem de 1h30 de Agulha, região de Catanduva, até Rio Preto e as horas ligada à máquina de hemodiálise não desanimam Raniely, que faz planos para o futuro. “Quando sarar, a primeira coisa que quero fazer é nadar, sinto muita saudade de brincar na piscina”.

Outra paixão é cantar. Toda sem<CW-22>ana ela e o voluntário Antonio Donizete de Oliveira, 57, fazem um show, cantando, principalmente, músicas gospel. Foi Oliveira quem organizou a festa surpresa. “Acredito que (esse trabalho voluntário) seja uma missão que Deus me deu. Comecei em asilos e amadureci nessa missão. Meu sonho é que mais pessoas fizessem algo semelhante”, afirma.

Amigo pessoal de Tony & Kleber, Oliveira convidou a dupla para participar. “A gente vem fazer o bem para as pessoas e acaba aprendendo muito. Faz muito bem para a gente”, afirma Tony.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso