Diário da Região

09/07/2017 - 00h00min

BARBEARIA RAIZ

Barbeiros tradicionais de Rio Preto resistem aos modismos

BARBEARIA RAIZ

Elton Rodrigues Nelson Ramalho exerce a função há 40 anos
Nelson Ramalho exerce a função há 40 anos

O policial militar Adalberto Luis Martins de Oliveira, 37 anos, já foi estudar em São Paulo e trabalhou durante um ano na capital. Atualmente, trabalha em Rio Preto. Mas, mesmo conhecendo a capital e trabalhando na maior cidade do noroeste Paulista, não abandona o seu Nelson Ramalho. Uma vez por mês, lá está Oliveira cortando o cabelo no pequeno estabelecimento localizado na rua Alberto Andaló, cruzamento com a rua Coutinho Cavalcanti, no distrito de Schmitt. 

Porta de madeira, cadeira antiga almofadada na cor vinho e um pequeno espelho de 2 por 1 metro. Aqui, nada de gigantescos espelhos, piso porcelanato e lavatórios glamourosos. Seu Nelson é um verdadeiro barbeiro raiz e tem seus clientes fiéis. São pessoas que, mesmo diante da inovação da indústria da beleza e, consequentemente, da modernização e ‘gourmetização’ dos novos barbeiros, não abandonam seus antigos profissionais.

"Ele já sabe como eu gosto que corta. Chego aqui e sempre tem uma conversa nova. Viramos amigos. As únicas vezes que não cortei aqui foi quando estava morando fora e não conseguia vir", disse o policial militar. Desde que se conhece por gente, Oliveira frequenta o salão do Nelson. "Quando era criança, vinha com meu pai e me acostume. Só venho cortar o cabelo aqui. O pessoal sempre tem uma nova história de pescaria", disse.

 

Antonio Souza Freire - 09072017 Antonio Souza Freire, há 60 anos na profissão, corta o cabelo do cliente de 32 anos de história, Williams Tavares

Seu Nelson tem 80 anos e está na profissão há 40 anos. Saiu de roça em Riolândia para virar barbeiro em Schmitt. Foi o primeiro barbeiro do distrito e tem seus clientes antigos até hoje. Mesmo com a abertura de concorrentes, o aposentado Mauri Manoel da Costa, 72 anos, não abandonou o velho amigo. "Estou com ele desde que ele começou. Teve uma época que abriram três barbeiros aqui, mas o seu Nelson virou meu amigo".

Os três

O administrador de empresas Williams Tavares, 55 anos, é outro fiel ao seu barbeiro. No caso dele, fiel a seus três barbeiros. Isso porque Souza, Benitez e Rodrigues trabalham no mesmo salão, o Souza Cabeleireiros, no bairro Vila Redentora. Tavares, há 32 anos, é cliente dos "vovôs cabeleireiros". Vovôs porque Souza tem 60 anos de profissão, Benitez tem 55 anos e Rodrigues, o caçula, trabalha no local há 27 anos. 

"Eu não escolho qual vai cortar, mas tem de ser um dos três. Aqui, sou bem atendido e bem acolhido. Eles sempre têm histórias novas para contar, é uma terapia", disse. O administrador de empresas elogiou ainda o profissionalismo e empenho do trio na profissão. "O Souza e o Benitez tem filhos médicos. Formados com o esforço deles aqui nessas cadeiras. Isso também me motiva a vir aqui", afirmou. E o contato do trio com os médicos não vem só dos filhos. Diversos médicos são clientes do local há anos. 

Um deles é o gastroenterologista Renato Silva, que fundou o serviço de transplante de fígado do Hospital de Base de Rio Preto. "Desde que me mudei para Rio Preto, há 21 anos, só corto o cabelo lá. Ali, faço minha terapia. Quando comecei cortar lá, custava R$ 6. Agora custa R$ 20. Sempre falo que pago R$ 6 por ser cliente antigo e que os outros R$ 14 é de gorjeta. A fidelidade é importante em qualquer lugar."

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso