Diário da Região

29/07/2017 - 00h00min

Participação do PCC

Quadrilha do Calçadão usou casa no bairro Vale do Sol

Participação do PCC

Marco Antonio dos Santos Viatura em frente à casa usada pela quadrilha, no bairro Vale do Sol
Viatura em frente à casa usada pela quadrilha, no bairro Vale do Sol

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Rio Preto prendeu o terceiro integrante da quadrilha que assaltou a joalheria Costantini, baleou dois guardas municipais e matou o estudante Pedro Henrique Bueno de Oliveira, 17 anos, no dia 15 deste mês. Além disso, a investigação identificou que um membro da facção criminosa PCC participou do crime. Ele teria alugado a casa em que o bando ficou antes do assalto, no bairro Vale do Sol.

O terceiro integrante da quadrilha foi preso nesta quinta-feira, dia 27, em operação da DIG, com apoio de equipes do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), no Capão Redondo, em São Paulo. É o mesmo bairro onde, na semana passada, foi preso William Seixas, suspeito de ser motorista do bando.

O primeiro suspeito foi preso em Santos e não teve o nome divulgado. Com o terceiro suspeito, a DIG também apreendeu um Fox, de cor branca, terceiro veículo usado pela quadrilha no assalto. Outros dois carros – um Fox e um HB20, ambos de cor preta, já tinham sido apreendidos pela polícia.

O nome do suspeito não foi divulgado. Segundo o delegado do caso, Alceu Lima de Oliveira Júnior, ele seria responsável por comprar os dois Fox, branco e preto, para quadrilha – o HB20 era roubado. A aquisição foi feita em nome do um aposentado, pai do suspeito. O idoso chegou a ser detido, mas foi solto, ao ser constatado a inocência do homem.

 

Arte - Quadrilha do Calçadão - 29072017 clique na imagem para ampliar

Esconderijo perto da DIG

A casa usada pela quadrilha para se abrigar dois dias antes do assalto fica a poucos metros do prédio da DIG na zona Norte, que está em reforma desde o ano passado. Atualmente, a equipe trabalha em prédio no Centro de Rio Preto. Segundo a investigação, a casa estava alugada por uma casal que veio há poucos meses de São Paulo. 

Uma semana antes do crime, o integrante da quadrilha ligado ao PCC – que foi identificado, mas não teve o nome revelado – fingiu ser um chefe de família e abordou o casal, acompanhado da mulher e duas crianças, dizendo que sua família tinha acabado de chegar de São Paulo e precisava de lugar para morar temporariamente.

O casal teria sublocado o imóvel e foi se abrigar em casa de parentes. “Não sabemos se a mulher e as crianças eram de fato parentes do criminoso ou se tudo fazia parte do disfarce”, comenta o delegado, que descarta a participação do casal abordado no crime e também dos donos da casa alugada.

Festa

Seis integrantes da quadrilha chegaram em Rio Preto na quinta-feira, dia 13, dois dias antes do assalto, e foram para o imóvel. Os criminosos dormiram em dois colchões de solteiros espalhados pelo chão dos quartos e da sala da residência. “Durante os dois dias que a quadrilha ficou na casa, ficaram se divertindo com prostitutas da zona do meretrício, que fica bem próxima”, diz o delegado.

Vizinhos chegaram a ver os homens com os três carros, mas não perceberam nada de estranho nas pessoas. “Eu estou surpresa com isto tudo. Os bandidos estavam aqui bem perto de casa”, diz a vendedora Mariah Lopes, de 37 anos.

O dono do bar que fica a poucos metros do esconderijo chegou a vender bebidas para os criminosos, mas só percebeu que eram os assaltantes após a divulgação das fotos deles pela polícia. Após o assalto, a quadrilha se dividiu nos dois veículos Fox e fugiu para São Paulo em rotas diferentes para evitar a abordagem policial.

O delegado Alceu afirma que a quadrilha era composta por oito homens. Três estão presos e cinco foragidos – entre eles, três foram identificados e tiveram os nomes divulgados. São eles: Rosinaldo Vieira dos Santos, de 24 anos, Anderson Daniel de Oliveira, de 22, e Roberto Pereira Neto, de 30 anos.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso