Diário da Região

19/05/2017 - 00h00min

PROCURADO

Condenado por tráfico é preso após 6 anos de fuga

PROCURADO

Johnny Torres 18/5/2017 Juliano Alves Domingues, o Gordo, foi preso nesta quinta-feira
Juliano Alves Domingues, o Gordo, foi preso nesta quinta-feira

Um dos criminosos mais procurados de Rio Preto, Juliano Alves Domingues foi preso pela Polícia Civil na tarde desta quinta-feira, 18, em Rio Preto. Conhecido como Gordão e condenado a 12 anos de prisão, ele é considerado um dos líderes do tráfico de drogas da cidade e estava foragido desde 2011.

Segundo o delegado André Balura, que coordenou a prisão, Juliano foi localizado em um apartamento no bairro São Deocleciano, onde estava morando provisoriamente com a mulher. "Próximo ao horário do almoço, nós localizamos o lugar onde ele estava e fomos cumprir os dois mandados de prisão que foram expedidos pela 5ª Vara Criminal de Rio Preto. As investigações apontam sua ligação com o tráfico e seu papel de liderança no grupo", explica o delegado.

Ao ser preso, Gordão teria, segundo a polícia, se recusado a fornecer informações sobre onde esteve escondido nos últimos seis anos. A polícia tenta descobrir quem ajudou na sua fuga, porque a pessoa poderá ser processado pela Justiça.

De acordo com a DIG, Juliano fazia parte de uma quadrilha de narcotraficantes responsável pela distribuição de cocaína. O bando era liderado por Mário Sérgio da Costa, o Esquerda, preso em 2004. Imediatamente, ele foi sucedido por Juliano na hierarquia do grupo criminoso.

O que chamou atenção da polícia foi o grau de organização da bando liderado por Juliano. O grupo contava com detalhado esquema de divisão de tarefas entre os integrantes responsáveis pela distribuir da cocaína para traficantes aliados da cidade e região.

Durante as investigações, chamou atenção da polícia o alto padrão de vida de Juliano, que chegou a morar em um casa no condomínio de alto padrão Damha 1, na zona sul de Rio Preto. Outra ostentação dele era a coleção de carros de luxo guardados na garagem.

Balura espera que a prisão de Gordão ajude a obter mais informações sobre a estrutura do tráfico de entorpecentes em funcionamento na cidade.

"As investigações continuam, existem outros mandados de prisão a serem cumpridos e as equipes da Dise serão mobilizadas para cumprir esse trabalho", diz o delegado.

Após ser ouvido na DIG, Juliano foi encaminhado a uma das celas da Central de Flagrante. Em seguida, ele será transferido para a cadeia de Catanduva.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso