Diário da Região

24/05/2017 - 00h00min

CASA PRÓPRIA

Evento coloca à disposição 280 casas do Vida Nova Dignidade

CASA PRÓPRIA

Johnny Torres alter e Maria com a filha Geovanna: casal financiou um terreno e a família toda vai morar na casa nova.
alter e Maria com a filha Geovanna: casal financiou um terreno e a família toda vai morar na casa nova.

As 280 casas do Conjunto Vida Nova Dignidade que ainda não têm dono estarão disponíveis neste final de semana na ConstruWeek. Os interessados devem ir até o estande da Construtora Pacaembu, responsável pelas obras, com os documentos necessários para iniciar a negociação. O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (PMDB), estimou em 15 mil o déficit habitacional de Rio Preto. 

O Vida Nova Dignidade está sendo construído por meio de parceria entre a Empresa Municipal de Construções Populares (Emcop), Caixa Econômica Federal e Pacaembu. A previsão é que as primeiras casas sejam entregues no início do próximo ano. A dona de casa Patrícia Marques dos Santos, 35 anos, paga R$ 700 de aluguel e sonha com a casa própria. 

Ela e o marido não têm mais direito a entrar em programas habitacionais subsidiados porque antes de se conhecerem ele já foi contemplado uma vez, mas acabou vendendo o imóvel. “Fomos sorteados, quando chegamos na Caixa, eles não aprovaram”, conta a mulher, que ainda não perdeu a esperança de outro programa que possa beneficiar a família.

 

Pátrícia - 24052017 Já Pátrícia sonha em ter uma casa para morar com o filho Pietro e o marido. Eles não podem mais ser contemplados em programas habitacionais porque o homem já teve uma casa adquirida desta forma, mas vendeu

Para eles, pais de Pietro, 4 anos, a casa significaria tudo. “Estamos passando muitas dificuldades”, diz Patrícia. Valter Wesley, segurança, e Maria Jivaneide, dona de casa, financiaram um terreno para constuírem a casa própria. O casal, a filha dos dois, Geovanna, os pais e a irmã dele vão todos para a casa nova quando a mesma for erguida.

“O sonho de todo mundo é ter uma casa própria, mas ultimamente está difícil”, afirma Valter. Para a varredora Fátima Aldevino, 46 anos, a casa também mudaria sua vida. Morando sozinha, ela paga R$ 600 de aluguel, mais da metade do salário. “Pesa muito no orçamento. É um dinheiro que vai e não volta.” As casas do Vida Nova Dignidade não serão disponibilizadas por sorteio, mas por aprovação de cadastro. 

Atualmente, há 325 nesta fase junto à Caixa Econômica Federal (CEF), responsável pelos financiamentos. Outros 931 imóveis já têm donos. O conjunto faz parte da faixa dois do Minha Casa Minha Vida. Por se tratar de um financiamento, o interessado não pode ter restrições a crédito. A entrada varia de acordo com cada pessoa, mas se tiver mais dinheiro guardado do que o exigido o candidato a mutuário pode dar o quanto quiser.

Também é possível utilizar recursos do FGTS. Como se trata de empreendimento do Minha Casa Minha Vida com parceria da Emcop, o interessado não pode ter outros imóveis nem ter sido contemplado em programas habitacionais. Também na ConstruWeek, serão ofertados pelo menos 500 imóveis da MRV. Os apartamentos têm dois dormitórios e área de lazer completa.

Todas as unidades são elegíveis para o Minha Cassa, Minha Vida. O valor médio é de R$ 145 mil e o subsídio pode chegar a R$ 42 mil. O valor dos imóveis poderá ser parcelado. A Rodobens Negócios Imobiliários também terá imóveis à venda durante a feira.

 

Arte - 24052017 Clique na imagem para ampliar

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso