Diário da Região

20/02/2017 - 12h17min

Bady Bassitt

Funcionário morre soterrado em granja

Bady Bassitt

Johnny Torres Silos da granja onde ocorreu o acidente: homem morreu no local
Silos da granja onde ocorreu o acidente: homem morreu no local

Atualizado às 22h

O encarregado de serviços gerais Odair Aparecido Sarti, 47 anos, morreu soterrado em um silo usado para estocar farelo de soja em uma granja localizada no quilômetro 78,5 da rodovia BR-153, em Bady Bassitt, na manhã desta segunda-feira, dia 20. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o funcionário foi até um silo para verificar um problema com escoamento do produto. Ao abrir uma portinhola, o farelo acabou cedendo e soterrou a vítima. Os bombeiros foram chamados e enfrentaram dificuldade para retirar o corpo do funcionário, já que uma grande quantidade de farelo caiu sobre ele. 

Foi preciso escoar o produto para só depois realizar a remoção do corpo. A perícia técnica da Polícia Civil esteve no local para colher informações e elaborar um laudo que vai identificar as causas do acidente. A vítima trabalhava na mesma empresa há 28 anos. De acordo com o sobrinho Anderson Diego Sarti, 24 anos, o funcionário vivia com a família em um sítio de Bady Bassitt e no trabalho fazia de tudo um pouco. “Ele nunca tinha comentado sobre falta de segurança no trabalho ou algo assim. Era muito experiente no que fazia. Não entendemos até agora o que aconteceu com ele”, disse. 

Ainda de acordo com o sobrinho, a empresa está prestando assistência à família. A Granja Barufi informou que no momento do acidente quatro funcionários estavam no local e todos usavam os equipamentos de proteção individual (EPI), “conforme orientação para executar a função, inclusive a vítima”. Os outros três funcionários que estavam no local nada sofreram. A empresa informou que o socorro foi chamado imediatamente, porém não foi suficiente para evitar a morte. “A empresa desempenha importante papel na economia da cidade de Bady Bassitt desde 1974 e este é o primeiro caso de acidente com morte”, diz a nota enviada pelos responsáveis pela granja.

A empresa também lamentou a morte do funcionário. “Bastante experiente, há 28 anos na área, o encarregado de serviços gerais acabou sendo asfixiado no momento em que manuseava um silo com farelo de soja. A Granja Barufi se solidariza com a família e informa que está prestando todo o suporte necessário”. O corpo de Sarti seria velado e enterrado no Cemitério Municipal de Bady Bassitt nesta terça-feira, 21.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso