Diário da Região

10/02/2017 - 15h11min

Vulnerabilidade

Estudo revela que 166 crianças vivem na favela do Vila Itália

Vulnerabilidade

Guilherme Baffi Elizabete com os filhos, Emanuelly, 2 anos, André, 7, e Adriana, 9: “é difícil criar três crianças nessa terra toda
Elizabete com os filhos, Emanuelly, 2 anos, André, 7, e Adriana, 9: “é difícil criar três crianças nessa terra toda".

A favela do Vila Itália, em Rio Preto, é lar de 166 crianças e adolescentes - jovens que vivem sem as minímas condições de saneamento básico e lazer. É o que mostra levantamento feito pela Defensoria Pública de Rio Preto, obtido pelo Diário nesta sexta-feira, dia 10.

A Defensoria traçou o perfil socioeconômico de 134 famílias. A estimativa é que cerca de 300 famílias vivam atualmente na favela, ou seja, mais da metade ficou fora do estudo porque não forneceu os dados necessários para a pesquisa. 

O levantamento, chamado de "Caracterização Socioeconômica dos moradores do Vila Itália", foi feito com base em dados coletados pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) para verificação da vulnerabilidade social dessa população. 

Iniciada em 2014, a favela teve uma explosão de crescimento no ano passado. Uma comissão da Prefeitura de Rio Preto junto a Defensoria Pública foi criada para apontar solução para o problema.  O estudo de perfil socioeconômico vai servir como base para a elaboração de um plano para extinguir a favela. 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso