Diário da Região

10/02/2017 - 00h00min

FRAUDE VIRTUAL

Golpe na internet usa nome e dados de garagem da região

FRAUDE VIRTUAL

Reprodução/Internet Anúncio no site OLX. Na tabela Fipe, o Voyage da oferta sai por R$ 23 mil, diferença de R$ 4 mil
Anúncio no site OLX. Na tabela Fipe, o Voyage da oferta sai por R$ 23 mil, diferença de R$ 4 mil

Estelionatários usaram a razão social e o endereço de uma garagem de Urupês para ofertar carros que não existem no site de compra e venda OLX. Com preços abaixo do mercado, eles atraíram centenas de interessados e aplicaram golpe em pelo menos 20 pessoas de várias partes do País. Uma das vítimas perdeu R$ 20 mil. Os verdadeiros donos das empresas reclamam dos transtornos que estão sofrendo e já registraram boletim de ocorrência.

Golpes desse tipo pela internet são comuns. De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os prejuízos causados por golpes na internet somaram R$ 1,8 bilhão em 2015. Nos últimos 15 dias, os responsáveis pela loja de Urupês foram surpreendidos por diversas pessoas de diferentes Estados, que entraram em contato por telefone, para conferir veículos não disponíveis na loja ou para reclamar que efetuaram a compra pela internet e ainda não receberam o veículo.

De acordo com João Antônio da Silva Júnior, 37 anos, sócio da empresa, até esta quinta-feira, 9, aproximadamente 200 pessoas que viram os anúncios já ligaram para a garagem interessadas em veículos à venda. O problema teria começado na última semana de janeiro. Além dos telefonemas, ele relata que cerca de cem pessoas foram pessoalmente para avaliar os carros no estabelecimento. “Entre 20 a 30 pessoas confirmaram que fizeram o depósito e caíram no golpe.

A gente orienta a fazer o boletim de ocorrência, mas muitos desistem”, conta Júnior. O eletricista Eduardo Paulo Rosa, 38 anos, morador de Aquidauana, Mato Grosso do Sul, conta que perdeu R$ 10 mil ao depositar o que seria um sinal para a compra de um Ford New Fiesta. “Eu achei o valor abaixo do mercado, cheguei a desconfiar, mas quando pesquisei que a empresa existia e tinha endereço, quis reservar o carro porque era um negócio muito bom.

Agora, para comprar um carro vou ter que economizar de novo porque não acredito que vou reaver esse dinheiro,” lamenta. Aline Cristine de Mendonça, 35 anos, outra sócia da empresa, resolveu procurar a Polícia Civil de Urupês. De acordo com o relato da empresária, pessoas de diversos estados disseram ter visto carros da empresa à venda pela internet e queriam confirmar a proposta disponível: depositar parte do valor da compra antecipadamente.

“De lá para cá, as ligações aumentaram. No início, eram apenas duas ou três ligações, mas com o passar dos dias, a loja chegou a receber 20 ligações.” Entre as ofertas estão um Voyage 1.6, 2009, quatro portas, completo, por R$ 19 mil. Na tabela Fipe, ele sai por R$ 23 mil. Em outra oferta, um Sandero 2013, que custa R$ 29 mil, é ofertado por R$ 23 mil.

 

Arte - Golpe da OLX - 10022017 Clique na imagem para ampliar

Viagem perdida

Há uma semana, uma mulher de Mirassol, depois de depositar R$ 3 mil, também foi à empresa. Segundo os proprietários, ela queria reaver o dinheiro. “Ela armou um escândalo. Chegou a chorar que queria o dinheiro de volta”, disse Nathália. Enquanto a reportagem entrevistava um dos sócios, uma família de Lorena chegava à garagem após viajar dez horas. Geraldo Castelini da Silva, a mulher e as filhas descobriram que foram enganados. 

“Ainda não tinha depositado nem um centavo, quis vir ver com meus olhos, mas o que gastei com a viagem, fora a decepção, foi de arrasar”, disse Geraldo, que havia se interessado por um Chevrolet Agile modelo 2013, que estava à venda por R$ 19.900. Na tabela Fipe, o veículo custa R$ 28 mil. Até o fechamento desta edição, a OLX não se posicionou sobre o assunto.

Conta seria de presidiário

Segundo o delegado de Urupês, Sérgio Augusto Ugatti Durão, a investigação já foi iniciada e deverá utilizar os telefones divulgados pelos golpistas nos anúncios para chegar aos autores. “Apesar de haver uma conta corrente para depósito bancário, não é suficiente, pois é comum criminosos como esses utilizarem contas desativadas ou até mesmo documento falsos. Por isso, estamos apurando”, disse Durão, que vai seguir com o inquérito junto à Polícia Civil de Sales, que também registrou nos últimos meses práticas semelhantes. “Vamos investigar se os golpistas que têm atuado na região são os mesmos,” afirmou o delegado. A conta bancária fornecida nos anúncios para os depósitos é de Salvador (BA). Segundo o Diário apurou, o responsável pela conta seria um homem que estaria preso na capital baiana.

A assessoria de imprensa informou, em nota, que não têm controle sobre as negociações feitas em sua plataforma. "A OLX esclarece que a atividade da empresa consiste na disponibilização de espaço para que usuários possam anunciar e encontrar produtos e serviços de forma rápida e simples. Diariamente, cerca de 500 mil novos anúncios são inseridos na plataforma. Toda negociação é realizada fora do ambiente do site, assim, a empresa não tem controle sobre as transações feitas entre os usuários". 

Consulta

O presidente da camara-e.net, Leonardo Palhares, orienta que o consumidor visite a página do Procon-SP e a da Receita Federal, para verificar se o site da empresa que fez o anúncio está ativo. “Outra recomendação é fazer uma varredura de reclamações de outros clientes e observar como as queixas foram resolvidas.” Outro cuidado é desconfiar de ofertas com valores bem abaixo do mercado, geralmente mais de 20% abaixo do valor normal. Procure comprar apenas de sites bem avaliados e conhecidos. E faça o acesso diretamente do site, nunca de e-mails ou links de outras páginas. Em caso de golpe, procure a delegacia mais próxima e guarde todos os dados relativos à negociação. Procure também um advogado.

(Colaborou Arthur Avila)

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso