Diário da Região

10/03/2017 - 00h00min

Complexo

Governo Edinho enumera 40 defeitos em obra da saúde

Complexo

Guilherme Baffi Complexo Pró-Saúde, projeto de R$ 8,5 milhões inaugurado por Valdomiro Lopes
Complexo Pró-Saúde, projeto de R$ 8,5 milhões inaugurado por Valdomiro Lopes

Vistoria realizada por técnicos contratados pela Prefeitura de Rio Preto apontou que a sala para ressonância magnética do Complexo Pró-Saúde está muito próxima dos trilhos do trem e não pode funcionar. E que, devido à vibração do solo, o exame de tomografia computadorizada também não pode ser realizado. O relatório completo aponta que o ex-prefeito Valdomiro Lopes inaugurou a obra, no penúltimo dia de seu governo, com 40 defeitos. 

Além das falhas na localização da sala de ressonância magnética e construção da sala de tomografia computadorizada, o local foi inaugurado com vazamentos no telhado, forros desnivelados, falta de algumas placas, pisos danificados, sistema de prevenção e combate a incêndio incompleto, entre outras falhas, que a administração classificou como pendências. O Diário revelou nos último dia 23 de fevereiro os problemas para a realização dos exames de ressonância e tomografia no local. 

A sala projetada para instalação do aparelho de ressonância fica nos fundos do prédio, parte da construção mais próxima dos trilhos do trem. Com investimento de R$ 8,5 milhões, o Complexo foi construído na avenida Philadelpho Gouvea Netto, às margens da ferrovia, para abrigar o Hospital-Dia, Centro de Diagnóstico, Centro Especializado na Saúde do Idoso e Laboratório Central. Especialistas consultados pelo Diário afirmaram que a construção de um Centro de Diagnósticos ao lado dos trilhos do trem não é aconselhável por conta do campo magnético gerado pelo imã do aparelho de ressonância e pela vibração causada pelas locomotivas.

Após uma série de vistorias e medições, a Secretaria de Saúde encontrou uma solução para o problema. Para isso, o prédio recém-inaugurado vai ter de passar por reforma. A sala de ressonância será colocada mais longe dos trilhos e o solo da sala de tomografia vai receber uma camada extra de concreto. “O local (para instalação do aparelho de ressonância) é inadequado. A distância dele para a linha férrea inviabilizava os exames. 

 

Arte - 40 Defeitos do Complexo - 10032017 Clique na imagem para ampliar

Procuramos outra área para levar o aparelho e achamos duas no centro do prédio, onde é possível colocar o magneto para que não haja interferência. Nessas duas áreas a vibração é menor e aumentando o piso de 20 a 30 centímetros para 40 a 60 centímetros não teremos qualquer risco”, disse Eleuses Paiva, secretário de Saúde de Rio Preto. Paiva afirma que, além da sala de ressonância e tomografia, apenas outros cinco problemas encontrado ainda não foram solucionados. 

O secretário de Saúde disse ainda que a empresa responsável pela obra vai solucionar os problemas e que a Prefeitura abrirá outra licitação para as obras nas duas salas de exame. O custo das modificações e datas para início e términos das novas obras não foram divulgadas. A reportagem procurou o ex-prefeito Valdomiro Lopes, mas ele estava em viagem e não se manifestou. 

Por meio de uma rede social, o ex-prefeito afirmou, no dia 23 de fevereiro, que deixou R$ 7 milhões no orçamento aprovado pela Câmara dos Vereadores para compra e instalação de Ressonância Magnética e de Tomografia Computadorizada no Complexo. “Toda Ressonância necessita para sua instalação, de uma “gaiola” e blindagem do local para o seu funcionamento, portanto os recursos e condições existem, e só não se fará se o objetivo for paralisar, abandonar o projeto, e se ‘arranjar’ no mercado outras saídas heterodoxas”, disse em trecho da postagem.

 

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso