Diário da Região

04/01/2017 - 00h00min

Vestibular

Rio Preto tem 340 vagas em cursinhos gratuitos

Vestibular

Mara Sousa Joseane Rodrigues conseguiu vaga na faculdade depois de fazer cursinho gratuito e hoje é professora voluntária
Joseane Rodrigues conseguiu vaga na faculdade depois de fazer cursinho gratuito e hoje é professora voluntária

Estão abertas as inscrições para quatro cursinhos pré-vestibular gratuitos em Rio Preto. São oferecidas 340 vagas para jovens de baixa renda conseguirem a preparação para entrar em uma faculdade pública ou conquistar bolsa de estudo no Prouni. Para ter direito a uma das vagas, a família do estudante tem de ter renda per capita de até dois salários mínimos (R$ 1.891). As aulas começam em março e vão até o final do ano. Os cursinhos são organizados por educadores e até estudantes universitários.

Três dos cursinhos, VestiJr, Metamorfose e Vitoriano, são mantidos por professores, alunos e ex-alunos da Unesp. Juntos, eles oferecem 300 vagas. A taxa de inscrição de cada um é de R$ 15. O quarto cursinho gratuito é o Carolina Maria de Jesus, que está iniciando sua primeira turma em 2017 com 40 alunos. Ele vai funcionar em sala da escola estadual Oscar de Barros Serra Doria, no Solo Sagrado. O grupo de educadores é composto por militantes de movimentos sociais de Rio Preto.

A intenção do criadores é dar oportunidade de estudo para os jovens da zona Norte que não têm dinheiro nem tempo de participar dos cursinhos pagos, diz uma das coordenadoras, a professora de história Jéssica Oliveira. Outro diferencial deste curso é que as aulas serão oferecidas apenas aos sábados, levando em conta a dificuldade dos jovens que trabalham durante toda a semana. “Nosso foco é preparar os estudantes para o Enem. Com as boas notas, eles conquistam bolsas de estudo integrais pelo Prouni”, diz Jéssica.

 

Sérgio Aparecido Garcia Padilha - 04012017 Sérgio Aparecido Garcia Padilha, 25 anos, estudou em cursinho gratuito da Unesp e passou em quatro faculdades de medicina: duas federais e duas particulares. Escolheu a federal de Cuiabá, Mato Grosso

Quatro faculdades

Estudante de medicina na Universidade Federal do Mato Grosso, o rio-pretense Sérgio Aparecido Garcia Padilha, 25 anos, foi aluno de um dos cursinhos do Ibilce/Unesp. E foi com essa bagagem que ele conseguiu passar no vestibular em mais três faculdades. “Eu consegui ser aprovado em duas universidades federais e duas faculdades particulares, mas com boas notas pelo Prouni, o que me daria direito a estudar com bolsa de 100%”, diz o estudante.

Aluna do cursinho popular Metamorfose, Joseane Rodrigues, 23 anos, conseguiu entrar no curso de matemática do Ibilce/Unesp. Como forma de gratidão, ela ajuda na coordenação do cursinho Metamorfose. “Minha família nunca teria condições de pagar um cursinho pré-vestibular, que pode custar até R$ 1 mil. Isso é muito longe da nossa realidade financeira. Ainda bem que existem cursinhos de graça”, diz a estudante.

Professora de psicologia da Unesp, Luciana Nogueira, que hoje ajuda a coordenar os cursinhos ligados à Unesp, diz que sua dedicação é retribuição ao ensino que obteve no cursinho gratuito. “Eu fui aluna do cursinho em 1996 e passei direto em psicologia na Unesp”, recorda a educadora.

 

Arte - Cursos - 04012017 Clique na imagem para ampliar

SisFies abre na segunda-feira

O Sistema Informatizado do Fies (SisFies) será aberto a partir da próxima segunda-feira, 9. De acordo com o Ministério da Educação, o sistema precisa abrir primeiro para as instituições para que antecipem processos e facilite para quando o sistema for aberto aos estudantes. “O aluno só inicia o processo após abertura do sistema para ele, o que ainda não temos data confirmada, apenas de que deverá ser aberto em fevereiro”, informou a assessoria de imprensa da pasta em nota enviada à reportagem.

Ainda de acordo com o Ministério, em texto publicado no site oficial, 98% dos alunos com contratos já firmados conseguiram fazer o aditamento, em um investimento de R$ 8,6 bilhões. Os financiamentos via Fies têm juros de 6,5% ao ano. Durante o curso, a cada três meses o estudante deve pagar no máximo R$ 150, referentes aos juros incidentes sobre o financiamento. Após a conclusão da faculdade o aluno tem 18 meses de carência para começar a quitar a dívida.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso