Últimas de Esportes

  • Sábado, 19 de Agosto
  • Se não existe esforço, não tem progresso!

Matéria

Sexta-feira, 11.08.17 às 08:14

Santos é dominado pelo Atlético-PR, mas vence por 1 a 0

Gabriel Melloni/Agência Estado

O Santos foi pressionado, viu o Atlético-PR dominar os 90 minutos em plena Vila Belmiro nesta quinta-feira, mas foi preciso para garantir a vaga nas quartas de final da Libertadores. Mesmo com uma fraca atuação, a equipe alvinegra aproveitou rara oportunidade para vencer por 1 a 0, resultado mais do que suficiente para levá-la à próxima fase após o triunfo por 3 a 2 na ida, há um mês, em Curitiba.

Se foi dominado e viu o adversário criar as principais situações de gol, o Santos contou outra atuação inspirada de Vanderlei, mas também do zagueiro Lucas Veríssimo, que tirou um gol certo do adversário em cima da linha. Foi preciso também um pouco de sorte em algumas finalizações atleticanas, como quando Jonathan acertou a trave no segundo tempo. E em um contra-ataque, Bruno Henrique marcou para acabar com qualquer chance de reação do adversário.

O resultado manteve a invencibilidade do Santos nesta Libertadores, mas o time alvinegro não poderá repetir esta atuação se quiser brigar pelo título. Afinal, nas quartas de final vai enfrentar o Barcelona de Guayaquil, que surpreendeu o Palmeiras nas oitavas. O primeiro jogo acontecerá no Equador.

Para o Atlético-PR, a boa notícia foi a ótima atuação da equipe, que se beneficiou da estratégia traçada por Fabiano Soares, pressionou o adversário e acumulou chances perdidas. Já longe da zona de rebaixamento, o time paranaense volta-se mais uma vez para o Brasileirão, no qual duela com o Bahia domingo, em casa.

O JOGO - O Santos foi surpreendido pela postura do Atlético-PR, que apostou em uma marcação por pressão para infernizar a saída de bola adversária e ganhar o campo de ataque. E o time paranaense teria ido para o intervalo pelo menos com a vantagem mínima se não fosse mais uma grande atuação de Vanderlei e um lance de rara felicidade de Lucas Veríssimo.

O primeiro chute de perigo até foi do Santos, que aproveitou um contra-ataque na tentativa de Bruno Henrique, rente à trave. Mas a resposta do Atlético-PR foi imediata. Aos 24 minutos, Guilherme cobrou falta pela direita na cabeça de Paulo André, que parou em Vanderlei. Após a cobrança de escanteio, o goleiro voltou a fazer belas defesas em nova tentativa de cabeça, desta vez de Fabrício, e em chute cruzado, de Guilherme.

Com uma linha de quatro meio-campistas avançada, o Atlético-PR encontrava muito espaço pelo meio, por onde quase chegou aos 35. Ribamar recebeu de Lucho e ajeitou para Guilherme, que bateu em cima de Vanderlei.

Mas foi aos 37 a chance mais clara dos visitantes no primeiro tempo. Jonathan fez grande jogada pela direita e tocou para o meio. A bola tocou em Vanderlei e sobrou limpa, no meio da área, com Sidcley, que bateu firme. Em cima da linha, Lucas Veríssimo se jogou e tirou de peito o gol certo do Atlético-PR.

Dominado, o Santos escancarava a frustração a cada lance errado e só deu a primeira finalização certa aos 44 minutos, com Copete E o segundo tempo começou igual. O Atlético-PR voltou agressivo e chegou em três oportunidades nos primeiros minutos, com Jonathan, Lucho González e Nikão, mas a pontaria não foi a ideal

O Santos até assustou com Lucas Veríssimo, aos 15, mas o Atlético-PR voltou a perder chance incrível aos 27. Ederson cruzou da direita, Nikão dominou no peito e devolveu para a área Jonathan apareceu sozinho e cabeceou, mas acertou o pé da trave

Depois de tanto perder oportunidades, o Atlético-PR seria castigado aos 32 minutos. Em rápido contra-ataque, Ricardo Oliveira arrancou pela esquerda e tocou no meio para Bruno Henrique marcar. Lucas Lima, pelo Santos, Lucho González e Guilherme, pelo time rubro-negro, ainda perderiam boas oportunidades, mas o confronto já estava decidido.

SAN LORENZO - Em outro confronto decidido nesta quinta-feira, o San Lorenzo recebeu o Emelec e suou para conseguir a classificação. Depois de vencer por 1 a 0 no Equador, viu o adversário devolver o placar em pleno Nuevo Gasómetro, com o gol de Lastra, e só garantiu a vaga na disputa de pênaltis.

Com isso, os quatro duelos de quartas de final da competição continental foram definidos. Serão eles: Jorge Wilstermann-BOL x River Plate, San Lorenzo x Lanús, Barcelona-EQU x Santos e Botafogo x Grêmio.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 1 X 0 ATLÉTICO-PR

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison (Daniel Guedes), Yuri (Jean Mota) e Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete (Thiago Ribeiro) e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Matheus Rossetto (Bruno Guimarães), Lucho González, Sidcley (Pablo), Nikão e Guilherme; Ribamar (Ederson). Técnico: Fabiano Soares.

GOL - Bruno Henrique, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Mauro Vigliano (Fifa/Argentina).

CARTÃO AMARELO - Guilherme (Atlético-PR).

RENDA - R$ 622.995,00

PÚBLICO - 12.360 torcedores.

LOCAL - Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP).

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.