Esportes

  • Quarta-feira, 24 de Maio
  • A tarefa de viver é dura, mas fascinante
Esportes

Matéria

Sexta-feira, 19.05.17 às 00:00 / Atualizado em 18.05.17 às 23:04

Timão apresenta Clayson e Santos ganha opções

Agência Estado
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians Clayson e Flávio Adauto - 19052017
Clayson e o diretor Flávio Adauto durante assinatura de contrato

Pouco depois de ser anunciado oficialmente - assinou contrato por quatro temporadas -, o atacante Clayson falou pela primeira vez como jogador do Corinthians. Revelação do Paulista pela Ponte Preta, o jogador prometeu brigar por espaço. “Vivi um momento de função tática, com poucos gols. Não sou artilheiro, mas faço mais gols do que fiz na Ponte. Minha característica é drible, assistência, desafogo para o time, é isso que quero somar no Corinthians”, afirmou. “Sou um jogador que joga do meio para frente em todas as posições. Rápido e agudo.”

Santos

O lateral-esquerdo Zeca e o zagueiro David Braz treinaram normalmente nesta quinta-feira no CT Rei Pelé, estão liberados pelos médicos e à disposição do técnico Dorival Júnior para reforçar a equipe contra o Coritiba, pela segunda rodada do Brasileirão, neste sábado, às 16 horas, na Vila Belmiro.

Zeca está recuperado de uma artroscopia no joelho esquerdo. David Braz havia ficado fora das três últimas partidas - contra Paysandu, Fluminense e The Strongest - devido a um estiramento na perna esquerda. Pela Libertadores, o Peixe volta a jogar na terça-feira, contra o Sporting Cristal, do Peru.

Palmeiras

O técnico Cuca não entrou na euforia da torcida pela eliminação do Flamengo na Libertadores. O treinador sabe que um adversário complicado deu adeus à competição, mas lembrou que o Palmeiras ainda não carimbou a sua vaga. “Em meia hora de jogo ruim, o Palmeiras foi eliminado há pouco tempo”, lembrou, se referindo à derrota para a Ponte Preta por 3 a 0 no 1º jogo da semifinal do Paulista.

Só que antes de ter a sua decisão pela Libertadores no meio do caminho para enfrentar o Atlético Tucumán, da Argentina, o Palmeiras terá a Chapecoense pela frente, neste sábado, em Chapecó.

São Paulo

Diante dos maus resultados recentes da equipe e do princípio de crise que se instaura no clube, Lugano saiu em defesa do técnico Rogério Ceni. “Todo mundo aqui conhece o Rogério. Ele tem uma metodologia de trabalho moderna, é exigente com os jogadores. É honesto, frontal. É o mesmo como técnico como era como jogador”, declarou.

Para Lugano, o momento de crise é natural diante dos resultados. “Quando os resultados não vem em um clube grande como o São Paulo, é complicado. É o momento de apanhar, fechar a boca, escutar e trabalhar.”

 

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.