Economia

  • Sexta-feira, 23 de Junho
  • A vida bem preenchida torna-se longa!
Economia

Matéria

Sexta-feira, 17.02.17 às 00:00 / Atualizado em 16.02.17 às 22:52

Indústria retoma as contratações na região

Elton Rodrigues
Mara Sousa Empresa Kodilar - 17022017
O aumento da demanda levou indústria a contratar mão de obra

As indústrias da região de Rio Preto voltaram a registrar salto positivo no número de vagas de empregos após seis meses de resultados negativos. Em janeiro, foram criados 450 postos de trabalhos, 0,55% a mais do que o mês anterior. Desde julho do ano passado isso não acontecia. No geral, o Estado de São Paulo teve saldo positivo de 0,31%, com criação de cerca de 6,5 mil vagas de emprego em janeiro na comparação com dezembro de 2016. 

Os dados são da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo, feita pelo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) da Fiesp e do Ciesp, divulgada nesta quinta-feira, dia 16. Na região de Rio Preto, o acumulado dos últimos 12 meses ainda ficou negativo em -3,34%, apresentando uma queda de cerca de 3 mil postos de trabalho. Mas o resultado de janeiro mostra o que pode ser o início da recuperação do setor, que demitiu em massa no ano passado.

Os destaques de janeiro ficaram por conta das indústrias produtos alimentícios, com aumento de 1,33% no número de postos de trabalho, e do setor de veículos e autopeças, com alta de 1,57%. O segmento de produtos de borracha e de material plástico foi o setor de maior variação positiva: 3,3% no mês. “Alguns setores conseguem uma recuperação mais rápida. Outros demoram um pouco mais. O número geral é que devemos analisar. Isso é um indício de que o país está melhorando”, afirmou o diretor do Ciesp de Rio Preto, Luiz Fernando Lucas.

 

Arte - Indústria - 17022017 Clique na imagem para ampliar

De acordo com Lucas, é preciso que essa variação positiva aconteça nos próximos meses para a consolidação da retomada do crescimento das indústrias. “Esse resultado de janeiro é um sinal de melhora. Precisamos de pelo menos mais três meses para confirmarmos esta recuperação”, disse. Se depender da Kodilar Alimentos, localizada em Rio Preto, o crescimento está garantido. A empresas abriu 60 novos postos de trabalhos, metade deles já foi preenchido em janeiro e a outra metade ainda aguarda resultados de processos seletivos.

A empresa não contratou em outubro, novembro e dezembro. Em janeiro, observou a necessidade de aumentar a produção por conta do aumento nas vendas. “Estamos em um ano atípico. Geralmente vendemos muito em dezembro e as vendas caem no início do ano. Neste ano, estamos a todo vapor e precisamos ampliar a produção”, afirmou a gerente de recursos humanos da Kodilar, Camila Pedrini Marcos.

Enquanto isso, alguns segmentos ainda sentem os efeitos da crise econômica. O setor de produtos de madeira registrou queda de 7,61% nos empregos, chegando a um acumulado de -2,3% nos últimos 12 meses. O de produtos de metal (exceto máquinas e equipamentos) teve variação negativa de 2,03% e foi o que mais sofreu nos últimos 12 meses, com resultado de -17,35% de postos de trabalho. O setor de máquina e aparelhos elétricos confirmou queda de 2,03% e um acumulado de -14,33% nos últimos doze meses.

 

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.